Recall de motos da Honda convoca a CRF 450R

Recall de motos da Honda convoca a CRF 450R
Moto da Honda foi chamada para recall |Foto: Divulgação/Honda

Um recall de motos da Honda foi anunciado nesta segunda-feira (26). A convocação envolve os modelos CRF 450R ano/modelo 2021. De acordo com o comunicado da marca, as motos convocadas podem ir até uma concessionária a partir do dia 31 de maio.

Recall de motos da Honda

Segundo a empresa, será necessário substituir a corrente de transmissão da moto. A marca japonesa detectou que pode haver a abertura da corrente durante a condução da moto. Com isso, pode acontecer uma perda repentina da força motriz e até o bloqueio da roda traseira, o que pode causar acidentes.

Esse recall envolve as motos fabricadas em 23 de novembro de 2020, com os seguintes números de chassis: de MK400228 até MK400288. Para maiores informações, os proprietários das motos podem acessar o site da empresa ou entrar em contato com a central de atendimento da Honda pelo telefone 0800-055-2221 – disponível de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h.

Em casos de outras notícias sobre lançamentos e recall de motos, atualizaremos o conteúdo!

Recalls em aberto

Além da moto da Honda, há outros recalls em aberto no Brasil. Mais cedo, a Kia anunciou a convocação da Carnival.

Na última semana, foi anunciado um recall envolvendo o Toyota Camry e alguns modelos da Lexus.

Garagem360 também divulgou a convocação de alguns modelos da Honda. Todos os detalhes podem ser vistos aqui. Há também um recall em aberto do Chevrolet Tracker.

A Volkswagen chamou a picape Amarok para recall há alguns dias, já que existe o risco do estepe se soltar. Todos os detalhes do recall estão disponíveis neste link.

A Renault anunciou recentemente a convocação de alguns veículos fabricados em 2020. Foram convocados os modelos Duster, Duster Oroch, Sandero e Logan. Todas as informações podem ser vistas aqui.

O grupo Stellantis também está com recall em aberto no País. Trata-se de mais um recall motivado pelos airbags produzidos pela japonesa Takata. Por conta disso, alguns veículos da Fiat foram chamados para a troca das bolsas infláveis. O texto completo pode ser visto neste link.

Há um outro recall envolvendo uma marca do Stellantis. Nesse caso, é uma convocação da Jeep e que envolve 1.685 unidades do Grand Cherokee, fabricados entre 2014 e 2015. Segundo o comunicado da Jeep, foi identificada uma falha no sensor de posição do virabrequim dos veículos. Esse problema impossibilita a partida do motor, e em casos extremos pode causar o desligamento repentino do veículo, mesmo em movimento. Todos os detalhes do recall podem ser vistos clicando aqui.

Leo Alves
Leo AlvesJornalista formado na Universidade Metodista de São Paulo e participante do curso livre de Jornalismo Automotivo da Faculdade Cásper Líbero, sou apaixonado por carros desde que me conheço por gente. Já escrevi sobre tecnologia, turismo e futebol, mas o meu coração é impulsionado por motores e quatro rodas (embora goste muito de aviação também). Já estive na mesma sala que Lewis Hamilton, conversei com Rubens Barrichello e entrevistei Christian Fittipaldi.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar