Fiat 500e: 5 motivos para não comprar e 5 para ter um

Fiat 500e
Fiat 500e (Foto: Divulgação/Fiat)

A Fiat é uma das marcas de carros mais conhecidas. E no ano passado, ela entrou para o mundo dos carros elétricos. As vendas e a procura por este tipo de veículo não para de crescer. O modelo escolhido para fazer esta estreia foi o compacto 500e. Nesta nova fase, o modelo apresenta diversos atributos. Mas o Fiat 500e também traz  pontos negativos.

Fiat 500e
Tudo sobre o Fiat 500e (Foto: Divulgação/Fiat)

Veja os pontos positivos e os pontos negativos do Fiat 500e

Esta pode ser considerada a terceira fase do clássico compacto da empresa italiana. Logo nos primeiros meses, o Fiat 500e se tornou um fenômeno de vendas. Em 2021, ele foi o sétimo carro mais vendido do Brasil. Ao todo, foram 146 unidades. E você, leitor do Garagem360, irá conferir agora 5 motivos para comprar e 5 para não comprar ele.

Pontos positivos 

Desempenho

Fiat 500e
Fiat 500e (Foto: Divulgação/Fiat)

Começamos falando do desempenho do carro. Ele está equipado com um motor elétrico de 118 cv (87 kW) de potência máxima e 22,4 kgfm de torque máximo. Ele também vai bem nas acelerações. De acordo com a Fiat, ele pode acelerar de 0 a 100 km/h em nove segundos. Já sua velocidade máxima é de 150 km/h.

VEJA TAMBÉM

Bateria e Autonomia

Os interessados na compra de um Fiat 500e também podem ficar surpresos com a bateria e com a autonomia do modelo. O motor elétrico é alimentado por uma bateria de íons de lítio de alta capacidade de 42 kWh. Ela faz com que o carro tenha um alcance de 320 km. Ou seja, um número muito bom.

Este número é maior que a autonomia do MINI Cooper S elétrico, por exemplo. Lembrando que você pode carregar o veículo com uma rede de carga ultra-rápida. Neste caso, a carga da bateria poderá alcançar 80% em 35 minutos.

Lista de equipamentos de conforto e tecnologia

Fiat 500e (Foto: Divulgação/Fiat)

Este carro elétrico também oferece uma lista de equipamentos bastante interessante. Pensando em itens de conforto, o carro vem de fábrica com sistema Keyless go, ar-condicionado automático digital, volante com ajuste de altura e profundidade, teto solar elétrico, vidros elétricos com sistema one touch e entre outros.

Agora, pensando em equipamentos tecnológicos, o principal destaque vai para a central multimídia de 10,25 polegadas. Sem falar do painel de instrumentos digital de sete polegadas, da câmera de ré, do carregamento sem fio para smartphones e entre outros.

Equipamentos de Segurança e assistência

Fiat 500e
Fiat 500e (Foto: Divulgação/Fiat)

Também podemos destacar a presença de alguns dispositivos de segurança do modelo. Sem falar dos equipamentos que ajudam o motorista. O 500e traz sensor crepuscular, Lane Control, seis airbags, Lane Centering, direção elétrica, controle eletrônico de tração (e estabilidade), Park Assist (com sensores de estacionamento 360º e entre outros.

Manutenção

Para finalizar, falaremos da manutenção. O dono do Fiat 500e não precisará pagar muito para realizar as revisões de seu carro. Veja aqui os preços das seis primeiras revisões do modelo.

  • 1ª revisão = R$ 216,00
  • 2ª revisão  = R$ 524,00
  • 3ª revisão  = R$ 216,00
  • 4ª revisão  = R$ 524,00
  • 5ª revisão = R$ 216,00
  • 6ª revisão  = R$ 524,00

Pontos negativos

Espaço interno

Você acabou de ler sobre os atributos do 500e. No entanto, o modelo ainda possui alguns pontos negativos. Um deles é o seu espaço interno. Ele tem um entre-eixos que mede 2.322 mm.

Só que este número é menor que o de que outros hatches. No caso, estamos falando do Nissan Leaf (2.700 mm), do Peugeot e-208 GT (2.538 mm) e do Renault Zoe (2.588 mm). Lembrando que o carro tem capacidade para quatro passageiros.

Porta-malas

Fiat 500e (Foto: Divulgação/Fiat)

Do mesmo modo, o porta-malas do Fiat 500e não é um dos maiores. Ele tem capacidade para apenas 185 litros. Um carro que tem um bagageiro menor é o Renault Kwid E-Tech (290 litros). Os porta-malas do Peugeot e-208 GT e do Nissan Leaf têm capacidade para 265 litros e 435 litros, respectivamente.

Acabamento

Vimos acima que este carro traz uma série de equipamentos de série interessantes. Mas um pequeno detalhe no acabamento se tornou um ponto negativo. Estamos falando da qualidade dos plásticos usados. No caso, a presença de plásticos duros.

Preço

Fiat 500e (Foto: Divulgação/Fiat)

A oferta de carros elétricos do Brasil vem crescendo consideravelmente. No entanto, para muitos, o empecilho é o preço cobrado pelos modelos. E com o 500e a história não é muito diferente. Este carro está custando a partir de R$ 255.990. Este preço é maior que uma Fiat Toro Rach Ultra (R$ 211.190) e que o MINI Cooper S elétrico (R$ 249.990).

Faltam versões mais baratas

Por fim, falaremos de uma possível solução para que o carro tenha preços menores. Hoje, ele está sendo vendido apenas na versão Icon. Esta é a mais completa do modelo. E se a Fiat comercializasse uma versão mais simples do modelo?

Mesmo com uma lista menor de equipamentos, o carro poderia custar menos. Lembrando que a marca deve lançar uma versão Abarth do modelo em breve e pode se tornar a versão top de linha. Será que ele vem?

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar