Etanol aditivado é bom?

Você já ouviu falar em etanol aditivado? Bem, muito se ouve falar dos aditivos para a gasolina e de seus benefícios, mas será que eles também apresentam vantagens para o biocombustível?

O que acontece é que o etanol conta, de fato, com diversos benefícios, e, aliás, é consideravelmente “mais limpo” que a gasolina, o que, na teoria, poderia dispensar o uso de aditivos, mas não é bem assim.

Acompanhe o Garagem360 e entenda isso melhor!

Afinal, etanol aditivado é bom?

Ao contrário do que muita gente pensa, os aditivos para etanol podem sim representar vantagens para o combustível e até mesmo aumentar a eficiência dele.

Como dito, muita gente acredita que o fato do etanol ser consideravelmente mais “limpo” que a gasolina torna os aditivos “inúteis”, entretanto, não é isso que acontece.

Para melhor entender, uma das principais funções do aditivo é justamente agir como um “detergente”. Ou seja, ele forma uma película na válvula de de admissão, e assim previne a formação de depósito.

Além disso, utilizá-lo também limpa as partículas do motor, que, normalmente, são depositadas na hora do abastecimento com o combustível comum.

Veja isso também: Aditivo de combustível realmente melhora o desempenho do carro?

Quais os benefícios de usar aditivo no etanol?

  • Os aditivos ajudam a manter os injetores e outras partes do sistema de combustível limpos, além de evitar que o acúmulo de resíduos prejudique o desempenho do motor
  • O uso de aditivos auxilia em uma queima mais completa e eficiente, o que melhora a performance do motor a redução de emissões
  • Eles contêm anticorrosivos responsáveis por proteger componentes metálicos, com por exemplo, o tanque de combustível e as linhas de injeção

Ainda vale destacar que adicionar um componente com moléculas redutoras de atrito e/ou fricção na formulação do aditivo pode melhorar o consumo do carro, ou seja, trazer mais economia no consumo de combustível.

Como escolher o tipo de aditivo certo?

  • Consulte um especialista para obter recomendações específicas de acordo com o propósito do aditivo 
  • Opte por marcas mais conhecidas no mercado
  • Evite aditivos sem identificação
  • Siga as instruções de dosagem por litro (que pode variar de acordo com a fabricante e o tipo)

Por fim, para aqueles que optam pelo abastecimento com o combustível já aditivado, é indispensável escolher um posto de confiança para evitar golpes.

Aproveite para conferir: 1, 2, 3, 4 e 5 dicas PRÁTICAS para economizar combustível na estrada

ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar