Memória: há 20 anos, Fiat lançava Brava no mercado brasileiro

Notícias 7 de outubro de 2019 Leo Alves 0

Sucessor do Tipo, o Fiat Brava foi lançado no mercado brasileiro em 1999. Membro da família Marea, o hatch médio chegou ao País apenas na versão de quatro portas, contrariando a ideia inicial da montadora, já que o plano era trazer o Bravo, versão de duas portas, como importado. A disparada do dólar, entretanto, fez com que apenas o modelo mais versátil fosse lançado e com direito a produção nacional.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Fiat Brava: trajetória

Se o Tipo ficou marcado por conta de suas linhas quadradas, o Brava apostava em um visual mais aredondado. A dianteira era inspirada na do Marea, enquanto que a traseira tinha a característica lanterna em três elementos.

Inicialmente, o hatch foi oferecido com o motor 1.6 16v de 106 cv de potência e 15,1 kgfm de torque máximo. O modelo HGT, com apelo mais esportivo, surgiu em 2000. Ele utilizava o propulsor 1.8 de 132 cv de potência e 16,7 kgfm de torque.

LEIA MAIS: Chevrolet rebatiza Onix Joy no site; veja outros carros que mudaram de nome

Conheça alguns aviões produzidos por marcas de carros

Mesmo tendo um bom pacote de equipamentos, o Brava teve apenas 43 mil modelos fabricados no Brasil entre 1999 e 2003. Como ele só chegou ao mercado nacional quatro anos após o lançamento europeu, o Stilo, seu sucessor, estreou no velho continente em 2001, chegando às terras tupiniquins um ano depois.

O projeto mais moderno do Stilo fez com que o Brava perdesse terreno, se despedindo do mercado já em 2003, com apenas quatro anos de trajetória.

Na galeria, veja algumas fotos do Fiat Brava.

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *