Volkswagen revela desenho do elétrico ID.3 conversível

Volkswagen revela desenho de um eventual ID.3 conversível |Foto: Divulgação/VW

Disposta a mudar sua imagem depois das polêmicas do dieselgate, a Volkswagen tem investido cada vez mais esforços nos modelos elétricos. Lançado em 2020, o ID.3 tem feito sucesso na Europa, chegando a disputar a liderança em alguns países do velho continente. Por conta da boa fase do compacto elétrico, a empresa decidiu mostrar um desenho de uma eventual versão conversível do modelo.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

VW ID.3 conversível

Além da imagem, a empresa quer saber a opinião do público sobre o veículo. Sendo assim, é possível opinar no Twitter e no Linkedin dos executivos Ralf Brandstätter e Herbert Diess, que são CEOs da Volkswagen. Considerando que o ID.3 hatch tem conseguido boas vendas na Europa, não é de se duvidar que o público aprove um modelo 100% elétrico com o teto rebatível.

LEIA MAIS: Novo logotipo da Peugeot representa um reposicionamento da marca

Venda de carros novos tem queda de 2,06% em fevereiro

Por ora não é certa a produção do conversível. Porém, como a VW tem dedicado suas atenções aos carros elétricos, não é de se duvidar que ele surja como modelo de produção nos próximos anos.

Detalhes do VW ID.3

Visto pela Volkswagen como o terceiro carro revolucionário da marca – após o Fusca e o Golf –, o ID.3 é vendido na Europa com um propulsor de 150 kW (ou 204 cv) de potência e autonomia máxima de 420 km no ciclo WLTP. Com 4,26 m de comprimento, ele tem tamanho equivalente ao Chevrolet Onix, embora seja mais largo, por ter 1,80 m de largura total. O modelo tem 1,55 m de altura e 2,76 m de distância entre-eixos.

 

Leo Alves
Leo AlvesJornalista formado na Universidade Metodista de São Paulo e participante do curso livre de Jornalismo Automotivo da Faculdade Cásper Líbero, sou apaixonado por carros desde que me conheço por gente. Já escrevi sobre tecnologia, turismo e futebol, mas o meu coração é impulsionado por motores e quatro rodas (embora goste muito de aviação também). Já estive na mesma sala que Lewis Hamilton, conversei com Rubens Barrichello e entrevistei Christian Fittipaldi.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar