Recall da Subaru convoca Outback por problema no software do computador de bordo

NotíciasRecall 3 de dezembro de 2018 Da Redação 0

Um novo recall da Subaru, juntamente com a Caoa Montadora de veículos Ltda, foi anunciado nesta segunda-feira (3). Os proprietários do Outback, ano/modelo 2018, fabricados entre 18 de setembro de 2017 e 29 de junho de 2018, com números de chassis (não sequenciais) de JG150036 a JG160461, precisam a agendar junto a uma concessionária da marca a reprogramação do software do computador de bordo. O serviço será efetuado a partir de 15 de abril de 2019, quando a interface de aceso ao software do painel de instrumentos estará disponível.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Recall da Subaru: Outback

No comunicado, a empresa informa que devido a uma falha na programação do software que calcula a autonomia, o veículo poderá, inesperadamente, apresentar uma “pane seca”, ocasionando a parada do motor e a consequente perda da assistência à frenagem, e o condutor necessitará de maior esforço para frear o veículo. Este defeito poderá resultar em risco de colisões e acidentes que podem causar lesões graves e, em casos extremos, fatais.

LEIA MAIS: Recall: modelos Subaru podem desligar durante a condução

Elétrico, Audi e-tron GT é apresentado como conceito no Salão de Los Angeles

Até que o serviço seja realizado, a Subaru e a Caoa recomendam que os proprietários fiquem atentos ao ponteiro de nível de combustível e a luz de advertência de reserva. Deve-se desconsiderar o valor de autonomia indicada no computador de bordo.

Para agendamento e mais informações, a montadora disponibiliza o telefone 0800 770 2011, além de seu site.

Na galeria, relembre outros modelos convocados para recall nos últimos meses.

 
 
  • Recall: Lexus CT 200h apresenta problemas no tanque de combustível e tubo para abastecimento do carro
  • Fiat Uno e Fiat Strada foram convocados para recall |Foto: Divulgação
  • Fiat Uno e Fiat Strada foram convocados para recall |Foto: Divulgação
<
>