Além das jornadas cansativas, os caminhoneiros estão sujeitos a acidentes e crimes nas estradas. Por isso, dois irmãos decidiram construir uma parada para esses motoristas na rodovia BR-367, em Ponta Grossa (PR). Como não existem muitos locais apropriados para esses profissionais descansarem, a dupla Vinicius Vendrami e Antonio Vendrami decidiu criar um lugar de lazer e repouso.

LEIA MAIS: Saiba como prolongar a vida útil dos pneus de caminhão
Caminhão Actros 2646 da Mercedes protagoniza documentário que retrata a vida nas estradas

Parada para caminhoneiros

A construção fica na área do Distrito Industrial, próximo ao cruzamento da PR-151 com a BR-376. A região, que recebe muitos veículos e caminhões com carga, é palco de muitos acidentes – dados do Departamento de Estradas de Rodagem mostram 1688 incidentes, que resultaram em 109 mortes, em 2017.

A Parada Vendrami, que deve ficar pronta em dezembro deste ano, terá um estacionamento monitorado para 215 caminhões ou mais de 80 bi-trens. O ambiente também dispõe de uma sala de descanso, banheiros, chuveiros com vestuário individual e outras facilidades. Além disso, haverá restaurantes, lojas de conveniência e lavadoras de roupa.

No projeto também está previsto uma central de cargas, onde os caminhoneiros poderão negociar fretes, além de 20 escritórios de despachantes, seguradoras, transportadoras e outros serviços, como área para reparos.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Acidentes com caminhoneiros nas rodovias

De acordo com um estudo realizado pela Confederação Nacional do Transporte em 2019, 64,6% dos motoristas afirmaram que um dos maiores problemas da profissão são os delitos. Além disso, dados do Ministério da Saúde de 2018 provam que, entre 2007 e 2016, os caminhoneiros têm o recorde de acidentes devido à profissão, contabilizando 13%.

Dentre as causas dos acontecimentos está o não cumprimento do descanso, previsto na Lei do Motorista. Se um condutor passar mais de 19 horas dirigindo, ele pode perder os reflexos, semelhante a uma pessoa embriagada.

A norma do motorista estabelece ao profissional o direito de descansar por 11 horas a cada 24 horas, sendo que 8 horas devem ser ininterruptas. Além disso, a lei prevê 30 minutos de descanso a cada 6 horas na condução de veículos de carga.

Carros testados pelo Garagem 360

Na galeria, confira alguns dos melhores carros testados pelo Garagem 360: