Entre 1974 e 1982 o Brasil foi representado na Formula 1 não somente por pilotos, mas por uma equipe. A Copersucar-Fittipaldi foi um sonho do bi-campeão mundial Emerson com seu irmão, Wilson, que durou oito anos, mas não conseguiu nenhuma vitória na categoria. Sem dinheiro e motivo de chacota no País, a escuderia fechou as portas oficialmente em 1982.

Mais de 40 anos após a primeira corrida da equipe, um filme será lançado para contar a história da Copersucar. Batizado de “As asas de Ícaro – A verdadeira história da equipe Fittipaldi”, ele será lançado nos cinemas em 2017 e promete contar relatos de bastidores da escuderia brasileira.

Confira abaixo o segundo trailer disponibilizado pela Itoby Filmes, produtora responsável pelo lançamento do filme.

 

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *