Tags

Notícias

Confira 12 dicas para motociclistas que vão viajar no Carnaval

Créditos: Divulgação
20 fevereiro, 2020
Da Redação

A segurança na pilotagem deve ser sempre a principal preocupação de todo motociclista. Pensando nisso, a Harley-Davidson do Brasil reuniu algumas dicas importantes para os que irão pegar a estrada e aproveitar os dias de folga.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

É fundamental preparar o roteiro da viagem com atenção redobrada, além de utilizar roupas adequadas para pilotagem, itens importantes que garantem o sucesso de uma aventura, além da manutenção adequada da motocicleta e um kit básico para qualquer emergência técnica.

LEIA MAIS: Recall da Triumph convoca 201 motos por problema no pedal do câmbio
Empresa cria sistema de detecção de ponto cego para motocicletas

Dicas para motociclistas que vão viajar

1 – Assuntos de motocicleta

Certifique-se de que sua moto esteja tão pronta quanto você para começar. Vale verificar se é preciso trocar o óleo, se os pneus estão em boas condições e calibrados com a pressão adequada ou se há algum possível problema mecânico que você já estava pensando em verificar.

2 – Rodovias ou estradas secundárias

Se você precisa chegar a algum lugar em determinado dia, ater-se à rodovia pode ser a melhor opção. Se seu principal objetivo é curtir o passeio, procure as estradas secundárias. Você pode até não conseguir percorrer a mesma distância naquele dia, mas vai aproveitar muito mais.

3 – Conte com a ajuda dos amigos

A não ser que esteja fazendo sua viagem de estreia sozinho, converse com as pessoas que irão com você. Os motociclistas de modo geral ficam muito felizes, ansiosos até, para compartilhar com os novatos tudo o que sabem. Não tenha medo de perguntar antes de partir e durante o caminho.

Tenha em mente também que todo mundo tem sua própria opinião ou dicas especiais. Existem sempre várias maneiras de se fazer a coisa certa. O mesmo vale se estiver viajando sozinho pela primeira vez: converse com seus amigos antes de partir e aprenda com as experiências alheias.

4 – Concessionárias H-D

Além dos amigos, as concessionárias H-D são um ótimo lugar para tirar dúvidas, receber conselhos, descobrir quais são as melhores estradas locais, receber sugestões sobre onde se hospedar ou comer.

Se você tem uma motocicleta Touring equipada com o sistema de infotainment, pode usar a função de pesquisa direto para as concessionárias Harley-Davidson no Brasil.

Caso tenha um problema mecânico, vale lembrar que as concessionárias fazem questão de dar prioridade aos viajantes para permitir que peguem a estrada o mais rápido possível.

5 – Distância percorrida

Se não estiver acostumado a pilotar 600-800 quilômetros por dia (ou mais), não vá pensando que será fácil. Torne sua primeira viagem mais viável reservando bastante tempo para parar, explorar as redondezas e descansar.

Assim que tiver uma boa noção do que “pilotar o dia todo” significa para você, ouse pensar em abocanhar mais quilômetros de uma vez. Se estiver pilotando sem pressa e curtindo a paisagem, um trecho de 400 km ou menos dá e sobra para encher o dia.

6 – Reserva de hotel

Reservar ou não sua hospedagem com antecedência é uma questão de preferência pessoal. Se não souber direito onde vai passar a noite o deixa nervoso, não deixe de reservar seu hotel antes de sair de casa.

Mas há quem prefira parar para pernoitar quando dá vontade ou gosta do lugar. Isso envolve um certo risco, é verdade, mas também faz parte da aventura e gera muitas histórias para contar depois.

7 – O que levar

No geral, é melhor errar para menos. Leve apenas o básico. É fácil encher a mala com coisas que acabará não usando. Pense em vestir cada roupa mais de uma vez; a não ser que a viagem dure mais de uma semana, dois pares de jeans devem ser mais do que suficiente.

Se pensar em investir em algumas meias e roupas de baixo de tecido sintético (não de algodão), um par ou dois de cada devem bastar. Você só vai precisar deixá-las um pouco de molho na pia à noite, torcer bem e em seguida pendurá-las no trilho do box do chuveiro para secar enquanto você dorme.

Não traga mais artigos de toalete do que vai realmente precisar. Um tubo de pasta de dente tamanho viagem, por exemplo, é uma boa pedida. Se estiver viajando com mais alguém, pense no que vocês podem compartilhar.

8 – Onde colocar a bagagem

De modo geral, coloque as coisas de que vai precisar na parte de cima da sua mala. Os itens mais pesados devem ser colocados nos alforjes ou na parte de baixo de uma mala com tiras de amarrar. Para se manter organizado, pense em colocar coisas menores dentro de sacos plásticos fechados com zíper.

9 – Bagagem

O tanto de coisas que você pode levar depende muito do tipo de motocicleta que você tem — e se ela tem ou não compartimentos de carga como alforjes e/ou um porta-bagagem Tour-Pak.

Se não tiver nada disso, pense em investir em uma mala de viagem de boa qualidade com amarração. Esse tipo de mala pode se encaixar em vários modelos de motocicletas, mas se não estiver pronto para se comprometer com uma compra dessas, pense em pedi-la emprestada a algum amigo.

Uma vantagem extra desse tipo de mala é que, dependendo do tamanho, ela também serve de encosto. Uma mochila é sempre uma opção, mas certifique-se de que não seja grande demais a ponto de interferir com o que você precisa amarrar ao assento do passageiro, e também que não seja tão grande e tão pesada que o deixará exausto só de carregá-la o dia inteiro enquanto estiver pilotando.

10 – Tanque cheio

Alguns motociclistas gostam de deixar o tanque ficar quase vazio antes de parar para abastecer, mas não há vantagem alguma em desafiar os limites. Na dúvida, pare e encha o tanque.

É melhor parar mais vezes para abastecer do que ser forçado a parar em um local não planejado quando perceber que está quase sem combustível. Pior ainda vai ser descobrir que o próximo posto de gasolina está fora do seu alcance, quando estiver pilotando em um lugar no meio do nada.

11 – Clima

Bem ou mal, o clima exerce um enorme impacto sobre o seu passeio de motocicleta. Ninguém gosta quando o tempo fecha, mas você não precisa deixar que isso destrua a sua viagem. Na verdade, se você se preparar direito, o mau tempo acabará fazendo parte da sua aventura.

Uma boa capa de chuva é sempre um bom investimento. E nunca confie na previsão do tempo. Nunca se sabe quando o tempo vai virar, então coloque na sua mala pelo menos uma jaqueta impermeável. Para mais de uma noite ou duas, é melhor apostar num conjunto de chuva completo.

Além disso, vale investir em botas e luvas que são à prova d’água. Mas, para quem não tem, uma solução temporária e viável é colocar um saco plástico dentro das botas sempre que chover. Isso funciona bem para manter seus pés secos, mas mesmo assim será preciso secar suas botas no final do dia.

12 – Coma, beba e faça alongamentos

Não importa a distância percorrida, é sempre importante cuidar do corpo enquanto estiver viajando. Certifique-se de abastecer seu corpo tão bem quanto a motocicleta.

Coma alguns petiscos saudáveis mesmo se não estiver com fome. Mantenha-se hidratado — beba água antes de sentir sede (principalmente se estiver muito quente) — e não se esqueça de descer da motocicleta para esticar as pernas — e outras partes importantes do corpo — sempre que achar necessário.

Conheça algumas das motos mais legais do mundo

Harley-Davidson, Kawasaki e BMW são algumas das marcas que produzem motocicletas incríveis. Montadoras como Triumph e a Ducati também se destacam quando o assunto é criar modelos que logo conquistam o coração dos fãs do mundo das duas rodas. Na galeria, conheça algumas das motos mais legais do mundo.

 

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.