Composto por uma série de câmeras, o sistema estará disponível na nova versão do modelo

A Ford apresentou uma tecnologia de controle de velocidade que estará disponível na nova geração do Edge no mercado europeu. O objetivo desse recurso é auxiliar o motorista a trafegar nas condições regulamentadas nas vias públicas, evitando acidentes e multas por infração no trânsito.

Como explica a montadora norte-americana, o sistema é composto por uma série de câmeras que identifica os sinais de trânsito e ajusta a velocidade do automóvel.

Aceitação da tecnologia

A Ford introduziu o limitador inteligente de velocidade na Europa pela primeira vez no ano passado, no S-MAX e no Galaxy. Desde então, 95% dos compradores desses modelos têm optado pelo equipamento. “O motorista nem sempre está atento à velocidade e, às vezes, só se dá conta quando vê o flash da câmera, recebe a multa pelo correio ou é parado por um policial”, diz Stephan Kappes, supervisor de segurança ativa da Ford Europa.

Ainda de acordo com Kappes, o sistema de velocidade tira o estresse da direção e ajuda o motorista a se manter dentro do limite legal. E o novo dispositivo do Edge combina duas tecnologias: o limitador de velocidade ajustável, que permite configurar manualmente a velocidade máxima; e o reconhecimento de placas de trânsito, que mostra no painel o último limite de velocidade detectado e sinais como proibições de ultrapassagem e conversões.

O equipamento é acionado por controles no volante e pode ajustar automaticamente a velocidade do veículo ao limite local. Nos modelos com navegação, ele também usa os dados do mapa para aumentar a precisão. Além disso, o sistema monitora os sinais de trânsito por uma câmera montada no para-brisa e desacelera o carro automaticamente quando um limite de velocidade menor é identificado. Quando o limite aumenta, permite novamente a aceleração.