Fiat confirma o fim da Weekend; veja carros que deram adeus nos últimos meses

GaleriaNotícias 27 de janeiro de 2020 Leo Alves 0

Lançada em 1997, a Fiat Weekend saiu de linha no Brasil. Nesta segunda-feira (27), a última unidade da perua foi produzida na fábrica de Betim (MG), encerrando a trajetória de 23 anos do modelo, que se despede sem deixar sucessor. O fim da produção também marca o encerramento das peruas nacionais, já que ela era a última ainda em linha. Vale lembrar que o primeiro carro nacional foi justamente uma station wagon, a DKW-Vemag Universal — posteriormente chamada de Vemaguet — fabricada entre 1956 e 1967.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Fim da Weekend

Ao contrário de Palio e Siena, a Weekend nunca recebeu uma segunda geração — a Strada também não, mas isso vai mudar ainda em 2020. Ao longo desses anos, a perua passou por algumas mudanças visuais para disfarçar a idade. Isso aconteceu quatro vezes: em 2001, 2004, 2008 e 2012.

LEIA MAIS: Memória: relembre a trajetória da Ford Pampa

Escort XR3, Gol GTi, Opala SS: relembre alguns dos carros esportivos nacionais

Em 2015, perdeu o nome Palio, passando a ser chamada de Fiat Weekend e Fiat Adventure.

Linha do tempo

Abaixo, confira uma breve linha do tempo da perua no Brasil.

  • 1997: Fiat lança a Palio Weekend no Brasil. Em relação ao hatch, ela tinha 6 cm a mais de entre-eixos e utilizava suspensão traseira com braços arrastados;
  • 1999: lançamento da versão Adventure, que recebeu caracterização robusta. Seu sucesso foi tão grande que a linha foi estendida para Idea, Doblò e Strada e virou moda, inaugurando a categoria conhecida por “off-road light”;
  • 2001: chegada da nova Weekend, desenhada pelo estilista italiano Giorgetto Giugiaro;
  • 2004: outra mudança que alterava principalmente a traseira, também promovida por Giorgetto Giugiaro, com amplas lanternas e um estilo mais robusto;
  • 2008: com a reestilização da station, a versão Adventure incorpora o Locker, um componente inédito no mundo: a Fiat é a primeira fabricante de automóveis a lançar um veículo de tração dianteira 4×2 com bloqueio de diferencial. Para aumentar a capacidade de tração, o recurso possibilita superar condições adversas de terreno com mais desenvoltura.
  • 2008: apresentação do Palio Weekend Elétrico, desenvolvido com a hidrelétrica Itaipu Binacional. O motor tinha potência de 15 Kw (20 cv) e torque de 50 Nm (5,1 Kgm). Alimentado por uma bateria de níquel, situada no fundo do porta-malas, garantia autonomia de 120 Km;
  • 2012: o modelo teve sua última modificação de estilo;
  • 2015: a station passou a ser identificada apenas pelo nome Weekend;

Carros que se despediram

Na galeria, confira alguns modelos que saíram de linha nos últimos meses.

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *