Fiat Argo Trekking 1.3 vs Fiat Pulse Drive 1.3 manual: com qual ficar?

Fiat Argo Trekking 1.3
Você sabia que o Fiat Argo Trekking 1.3 e o Fiat Pulse Drive 1.3 podem ser concorrentes? Tudo isso por conta do preço. Mas qual dos dois vale mais a pena? (Fotos: Divulgação/Fiat)

Nas últimas semanas, dois carros da Fiat vem fazendo bastante .barulho. Estamos falando do Argo e do Pulse. Um por ser o mais vendido do mercado e outro por ser um dos principais lançamentos do País. Mas você sabia que este hatch e este SUV compacto podem ser concorrentes? Isso porque o Fiat Argo Trekking 1.3  está na mesma faixa de preço da configuração de entrada do Pulse (Fiat Pulse Drive 1.3). Mas qual dos dois vale mais a pena?

 

Fiat Argo Trekking 1.3
Fiat Argo Trekking 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)

Fiat Argo Trekking 1.3 vs Fiat Pulse Drive 1.3 manual: qual vale mais a pena?

Estamos falando de dois dos principais carros da montadora italiana no momento. O Fiat Pulse foi finalmente apresentado após gerar bastante expectativa. Além da parte mecânica, o carro traz novidades tecnológicas.

E parece que o carro foi aprovado pelo público, visto que ele teve 9 mil unidades vendidas em três semanas. Enquanto isso, o Argo foi o carro mais vendido em outubro. Ele teve 8.381 unidades vendidas no últimos mês.

E ambos concorrem na mesma faixa de preço. A versão aventureira do líder do mercado está custando a partir de R$ 78.990. Enquanto isso, o modelo de entrada do primeiro SUV nacional da Fiat tem preços a partir de R$ 79.990. Ou seja, R$ 1 mil reais de diferença entre este dois veículos.

Fiat Argo Trekking foi lançado em 2019

O Fiat Argo Trekking foi lançado oficialmente em 2019. Ele chegou para dar um toque mais esportivo ao compacto italiano. Para isso, a marca teve que fazer alguns retoques em seu visual. O carro possui barras no teto, faróis de LED, moldura de caixa de rodas, moldura do para-choque traseiro, logotipo da Fiat em cromo escurecido e ponteira de escapamento em cor exclusiva (e no formato trapezoidal).

Fiat Argo Trekking 1.3
Fiat Argo Trekking 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)

O interior também possui detalhes exclusivos. Sem falar das alterações na suspensão. Ela foi elevada e o carro ficou com um vão livre de 210 mm (40 mm a mais que o Argo 1.3 normal). O carro mede 3.998 mm de comprimento, 1.724 mm de largura e 1.568 mm de altura. Vale lembrar que estamos falando do modelo com o motor 1.3. No caso, ele também está sendo oferecido em uma versão com motor 1.8.

Lançamento do Fiat Pulse

Enquanto isso, o Fiat Pulse é um dos grandes lançamentos dos SUVs. O carro já tinha sido anteriormente feito uma aparição na TV e foi flagrado diversas vezes. Em toda a parte que você olha, é possível ver uma novidade. Este carro é produzido sobre a plataforma MLA. Segundo a Fiat, a carroceria é composta por 87% de aços de alta e ultra-alta resistência.  E o modelo de entrada já vem com um acabamento bem interessante.

Fiat Pulse Drive 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)
Fiat Pulse Drive 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)

Na dianteira, é possível ver que ele traz uma grande grade frontal (com Logo Script e  Fiat Flag) e um filete logo acima dela e dos faróis dianteiros. A versão Drive 1.3 já está equipada com um conjunto óptico formado por faróis e lanternas de LED. O rack longitudinal também chama a atenção. Suas dimensões são: 4.099 mm de comprimento, 1.774 mm de largura e 1.576 mm de altura.

Motorização dos modelos Fiat

Ambos os modelos trazem debaixo do capô o motor 1.3 Firefly. Porém, as calibrações são diferentes. No Fiat Argo Trekking 1.3, ele pode gerar uma potência máxima de 109 cv a 6.250 rpm usando etanol (101 cv a 6.000 rpm usando gasolina) e torque máximo de 14,2 kgfm (etanol) ou 13,7 kgfm (gasolina) a 3.500 rpm. Ele está acoplado a uma transmissão manual de cinco velocidades.

Já o Pulse possui números menores. Seu propulsor possui potência máxima de 107 cv (etanol) a 6;250 rpm ou 98 cv (gasolina) a 6.000 rpm. Já o torque é de 13,7 kgfm a 4.000 rpm (etanol) ou 13,2 kgfm a 4.250 rpm (gasolina). Ele também uma um câmbio manual de cinco velocidades. O modelo acima consegue os melhores números de desempenho. Segundo a Fiat, o Argo Treeking pode acelerar de 0 a 100 km/h em 10,8 segundos (o Pulse faz em 11,7 segundos).

Consumo do Argo e do Pulse

Ambos carros possuem números de consumo bons. Algo bastante importante nos dias de hoje, onde os preços de combustível estão em alta. No entanto, o Fiat Pulse Drive 1.3  leva vantagem. De acordo com os números divulgados pela Fiat, o carro pode fazer 12,6 km/l (gasolina) e 9,1 km/l (etanol) na cidade. Enquanto isso, na estrada, ele pode rodar 14,7 km/l (gasolina) e 10,1 km/l (etanol).

Já os números do Fiat Argo Trekking 1.3 são do Inmetro. Segundo o órgão, o carro pode fazer 12,1 km/l (gasolina) e 8,4 km/l (etanol) em trechos urbanos. Já em rodovias, ele pode fazer 13,6 km/l (gasolina) e 9,7 km/l (etanol).

Outros atributos dos modelos Fiat

Fiat Pulse Drive 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)
Fiat Argo Trekking 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)

Colocando lado a lado, até é possível perceber algumas semelhanças entre os dois. No entanto, estes dois veículos aventureiros possuem suas pequenas diferenças. A distância entre-eixos do Fiat Pulse é um pouco maior que a do Fiat Argo Trekking (2.532 mm contra 2.521 mm). Outro ponto que o utilitário esportivo de entrada vence é o porta-malas (370 litros do Pulse e 300 litros do Argo).

Já a lista de equipamentos de ambos é bastante completa. O Fiat Argo Trekking 1.3, por exemplo, vem de série com ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, barras longitudinais, central multimídia UCONNECT de sete polegadas, chave canivete com telecomando, controle de estabilidade direção elétrica progressiva, Drive by Wire, controle de estabilidade, faróis de neblina, follow me home, airbag duplo, freios ABS com EBD, Hill Holder, sensor de estacionamento, controle de tração, vidros elétricos e traseiros com one touch e entre outros.

Fiat Argo Trekking 1.3
Fiat Argo Trekking 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)
Fiat Argo Trekking 1.3
Fiat Pulse Drive 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)

Já o Fiat Pulse Drive 1.3 sai de fábrica com com quatro airbags, alarme antifurto, Fiat Sound System, ar-condicionado automático e digital, controle eletrônico de tração, banco do motorista com regulagem de altura, barra longitudinais, central multimídia de 8,4 polegadas (com Apple CarPlay e Android Auto wireless), Direção elétrica, controle eletrônico de estabilidade, função Follow me Home, Hill Holder, piloto automático, rodas de liga leve de 16 polegdas, sensor de estacionamento traseiro, Traction Control Plus (TC+), vidros elétricos com função one ouch, Lane Change e entre outros.

A nossa conclusão? Fique com o Fiat Pulse Drive 1.3!

Fiat Pulse Drive 1.3 (Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat)

Assim sendo, temos aqui dois dos modelos aventureiros da Fiat. Ambos possuem algumas semelhanças, visualmente falando. Mas o Fiat Pulse Drive 1.3 vale mais a pena para quem está procurando um carro mais esportivo nesta faixa de preço. Ele se destaca por conta da economia, pelo conforto e pelo pacote de equipamentos superior.

  • Você pode se interessar também:

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar