Elétricos poluem mais que carros clássicos, diz estudo. Será? Entenda

Carros clássicos poluem menos que os elétricos, diz estudo
Carros clássicos poluem menos que os elétricos, diz estudo (Foto: Pixabay)

Um dos grandes objetivos de um carro elétrico é ser um veículo zero emissão de carbono. Porém, devido aos altos níveis de poluentes derivados ainda no momento da fabricação, os modelos eletrificados poluem mais do que os carros clássicos, de acordo com um estudo. Veja os detalhes.

Em um ano de uso, os carros clássicos poluem menos do que a produção dos carros elétricos

Parece estranho, mas não é. De acordo com um estudo realizado pela Footman James, empresa especialista em seguro auto para carros clássicos, o uso dos modelos durante um ano, é menos prejudicial ao meio ambiente no comparativo com os carros mais novos a combustão, e até mesmo com a produção dos veículos elétricos.

Porém, para entender tal resultado, é preciso levar alguns pontos em consideração. De acordo com os dados coletados, pelo fato dos carros clássicos serem modelos geralmente de colecionadores, durante o período de um ano, eles circulam bem menos que os carros usados no dia a dia.

VEJA TAMBÉM

Com isso, a emissão de carbono derivada dos modelos mais antigos, é bem mais baixa no comparativo com os carros mais novos, uma vez que mesmo com a adoção de novas tecnologias, os modelos atuais são usados diariamente. Ou seja, o tempo reduzido de uso dos carros clássicos, compensa a taxa de emissão de poluentes.

Nesse cenário, o estudo comprovou que um carro clássico que circula em média 1.200 km durante um ano, emite cerca de 536 kg de CO2. Já um modelo de produção atual, como um VW Golf, por exemplo, emite 6,8 toneladas apenas no momento de produção, sem contar a emissão diária.

No comparativo com um modelo elétrico, o resultado chega a ser ainda mais surpreendente, tendo em vista que durante a produção de um único veículo elétrico, são produzidas 26 toneladas de carbono.

Ou seja, por mais que um carro elétrico não emita CO2 durante a utilização, a fabricação ainda é responsável por altas taxas de poluentes na atmosfera.

Carros clássicos poluem menos que os elétricos, diz estudo
Carro elétrico emite 26 toneladas de poluentes durante a produção (Foto: Pixabay)

Carro clássico precisaria de 46 anos para atingir o nível de poluente da fabricação de um elétrico

De acordo com os dados estipulados, um carro clássico necessitaria de 46 anos para que o modelo atingisse o nível de poluente igual ou maior do que é gerado durante a produção de um carro elétrico.

Produção neutra de carbono é meta para as montadoras

Ou seja, aumentar o nível de produção dos carros elétricos não é o suficiente para atingir níveis de poluição mais baixos, uma vez que mesmo sendo 0 emissão durante o uso, o modelo ainda é responsável por gerar poluentes durante a sua fabricação.

Com isso em mente, diversas montadoras têm como objetivo atingir níveis reduzidos de emissão de CO2, seja com um portfólio eletrificado, bem como através de atualizações na linha de produção.

Carros clássicos poluem menos que os elétricos, diz estudo
Estudo leva em consideração o tempo de circulação de um clássico durante um ano (Foto: Pixabay)

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe. Atualmente dedica-se à redação do portal Garagem 360, produzindo notícias, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar