Tags

Notícias

Elétricos: Mercedes-Benz apresenta o novo EQA para a Europa

Créditos: Divulgação/Daimler

A Mercedes-Benz revelou nesta semana o seu novo modelo elétrico. Baseado no GLA de nova geração, o EQA será o modelo movido a eletricidade mais barato da marca. Equipado com o propulsor de 190 cv (140 kW) e 375 Nm de torque, ele vai custar 47.450 euros na Alemanha e será o responsável por inaugurar a eletrificação da família de compactos da empresa.

Novo Mercedes-Benz EQA

O motor elétrico do EQA é capaz de fazer de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e tem velocidade máxima de 160 km/h. Já a autonomia máxima do modelo é de 426 km no ciclo WLTP. As bateria de íons de lítio ficam acomodadas sob a carroceria, de modo estrutural. Plugado em um wallbox, a recarga completa é feita em 5h45. Porém, é possível carregar de modo rápido 80% da capacidade em 30 minutos.

LEIA MAIS: Serviço de assinatura da Renault é lançado no Brasil; veja como usar

VW Fusca foi o carro clássico mais vendido em 2020

Em relação ao GLA, há algumas mudanças visuais, como no desenho da dianteira e na régua que liga as lanternas traseiras. Já a cabine é praticamente a mesma nos dois carros, sendo que o EQA tem uma função na central multimídia que avisa o condutor se é possível chegar até o destino desejado sem nenhuma recarga, além de ser capaz de indicar pontos próximos para completar o nível da bateria.

Por enquanto o EQA será vendido apenas no mercado europeu. A Mercedes-Benz diz que estuda o lançamento nos Estados Unidos e ainda não confirmou se ele será vendido no Brasil. Vale lembrar que o EQC, derivado do GLC, é vendido no mercado brasileiro por R$ 630 mil, sendo o primeiro elétrico da empresa no País.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.