Tags

Notícias

Combate à covid-19: Mercedes-Benz trabalha em plano de retomada das atividades, mas diz que saúde dos colaboradores é a prioridade

Créditos: Divulgação/Mercedes-Benz

Marca do segmento premium, a Mercedes-Benz foi mais uma empresa que falou ao Garagem360 sobre as estratégias para superar os impactos da covid-19. Holger Marquardt, presidente da Mercedes-Benz Cars e Vans Brasil, até disse que a marca trabalha em um plano para retomar suas atividades, mas que a prioridade é cuidar da saúde e bem-estar dos colaboradores. Ele também comentou sobre os impactos da alta do dólar, e como a empresa alemã pretende lidar com mais essa dificuldade.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

A seguir, confira as respostas do executivo da Mercedes-Benz na íntegra.

Combate à covid-19: Mercedes-Benz

Com a pandemia se estendendo por mais alguns meses, qual a perspectiva para o mercado?

Diante do atual cenário que estamos vivendo face a pandemia do novo Coronavírus, não tem sido fácil fazer planejamento e projeções. Considerando que o mundo inteiro parou com a propagação do vírus, é desafiador prever como o efeito desta paralisação irá afetar a economia no futuro próximo, mas estamos certos de que com a colaboração de todos, retomaremos o ritmo desejado. Temos que planejar semana a semana, mas com muito otimismo, respeitando as normas da Organização Mundial da Saúde e colaborando para evitarmos um colapso no sistema da saúde no País.

Quais medidas estão sendo tomadas para contornar essa situação?

Como marca, nosso foco está na saúde e bem-estar dos nossos colaboradores. Eles permanecem em férias coletivas, seguindo as recomendações de distanciamento social sugeridas da OMS. Além disso, nossas equipes têm mantido os funcionários informados sobre os cuidados necessários para saúde física e mental através de informativos e redes sociais da Companhia. Vale ressaltar que este cuidado se estende, também, à nossa rede de concessionários, que vem somando esforços neste momento que afeta a todos.

Como próximo passo, a Mercedes-Benz já está trabalhando no plano de retomada das atividades, levando em conta todos os cuidados e adaptações que precisam ser realizadas nas plantas para mitigar qualquer risco de contaminação dos funcionários e prestadores de serviços.

LEIA MAIS: Combate à covid-19: Toyota diz que cronograma será revisto, mas que nenhum plano futuro está cancelado

Chevrolet vai vender o Tracker em loja do Mercado Livre

A pandemia pode impactar no desenvolvimento de tecnologias futuras, como a de carros autônomos e as pesquisas de combustíveis alternativos?

Sabemos que empresas de todo o planeta interromperam suas atividades como medida de prevenção e segurança, assim como por recomendação de autoridades locais. Com isso, entendemos que a indústria de tecnologias e iniciativas que se dedicam ao desenvolvimento automotivo também tiveram suas atividades de certa forma diminuída. Isso não significa que novas tecnologias foram abolidas, apenas postergada como todo bem produzido neste momento de pandemia. O foco em sustentabilidade e o compromisso com um planeta mais saudável não deixarão de ser pauta para o futuro da mobilidade que estamos construindo.

Como está sendo feito o trabalho para atender às necessidades dos clientes em meio a pandemia como assistência, revisões e garantias dos veículos?

Temos uma equipe de apoio emergencial à rede, que conta com 55 pontos de atendimento no País. Estamos trabalhando integralmente de maneira remota. Além disso, para oferecer um atendimento ainda melhor aos nossos clientes, diversos concessionários estão disponibilizando o serviço de retirada e entrega dos veículos. Já com relação aos prazos de garantia, levando em consideração esse contexto e prezando pelo bem-estar e saúde de todos, a Mercedes-Benz prorrogou o prazo de garantia dos automóveis da marca por três meses.

Além disso, ampliamos a tolerância para realização das manutenções periódicas sem que nosso cliente tenha prejuízo na garantia contratual. O prazo, que antes era de 30 dias ou 1.000 km, passa para 90 dias ou 3.000 km. As medidas são válidas para veículos com final de garantia ou prazo de revisão expirando entre 01/03/2020 e o final do período oficial de quarentena.

No caso de solicitações de reparo ou demais necessidades, a recomendação da marca é que o cliente contate a Central de Relacionamento por meio do número 0800 970 9090.

No caso da Mercedes-Benz, o quanto a alta do dólar dificulta a operação no Brasil?

O cenário que vivemos atualmente com a pandemia do coronavírus afeta diretamente o dólar e, consequentemente, atinge a todos os segmentos da economia. Consideramos alto o impacto causado pela oscilação da moeda no mercado de automóveis premium. Para se ter ideia, no final de 2019, por exemplo, tínhamos o dólar girando em torno de R$ 4,03 e nas últimas semanas a moeda tem fechado acima dos R$ 5,00.

Como diversos produtos que consumimos são negociados em dólar, a cotação atual resulta no encarecimento do produto final. Para o nosso negócio, especificamente, não estamos repassando o aumento total da moeda. Iremos absorver parte do impacto e aplicaremos o menor aumento possível de forma linear para a nossa linha de produtos.

Na galeria, confira as imagens do Mercedes-Benz A 200 que foi testado pelo Garagem360 neste ano. O texto completo está aqui.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.