Visitamos a estrada mais bonita da Califórnia a bordo de um Corvette 1963

Notícias 16 de agosto de 2018 Maria Beatriz Vaccari 0

A Highway 1, estrada que passa por boa parte da costa da Califórnia, é um dos trajetos mais bonitos dos Estados Unidos e do mundo. Há dois anos, a rodovia sofreu com alguns deslizamentos, que interditaram o trajeto por um bom tempo.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Na última quinta-feira (9/8), a Highway 1 recebeu uma caravana chamada Dream Drive. A ação, que teve o objetivo de comemorar a reabertura da via, reuniu 84 carros – um para cada ano desde a inauguração da estrada, em 1934. O evento contou com jornalistas de 14 países, incluindo a reportagem do Garagem 360, que rodou por mais de 210 quilômetros a bordo de um Corvette 1963 Split Window.

Linha de largada

A viagem pela Highway 1 começou no autódromo WeatherTech Raceway Laguna Seca, na cidade de Monterey. A pista construída em 1957 se tornou um dos ícones do automobilismo e protagonizou momentos impactantes, desde provas de velocidade até um acidente fatal na imprevisível curva do saca-rolha.

Todos os carros que participaram da Dream Drive começaram o dia reunidos no autódromo. Antes de cair na estrada, os motoristas tiveram a oportunidade de dar uma volta na pista.

“Isso é muito emocionante!”, vibrou Eray Honeycutt ao acelerar seu Corvette 1963 Split Window nas curvas de Laguna Seca. Nascido no Texas, o motorista se mudou para a Califórnia ainda jovem. Ele conduziu a reportagem do Garagem 360 durante todo o percurso entre as cidades de Monterey e Morro Bay.

Foto: Maria Beatriz Vaccari
Eray Honeycutt, dono do Corvette 1963

Honeycutt começou o passeio explicando que o veículo branco com o interior vermelho nunca passou por restaurações. “O carro é 100% original e está na minha família desde 1975”, disse.

Ele ainda destacou que o modelo fez parte da primeira leva das versões Sting Ray. “É um veículo muito raro. Na época, foram fabricadas cerca de 10.400 unidades. Dessas, apenas 276 tinham vidros elétricos, ar-condicionado, direção elétrica e servofreio, como a minha. Atualmente, ela vale mais de US$ 100 mil”, afirmou o entusiasta de carros, que também é dono de um motorhome clássico e de um Tesla Model S.

De Corvette pela Highway 1

O trajeto pela Highway 1 durou cerca de seis horas, incluindo duas paradas: uma mais longa para um brunch no charmoso resort Ventana Big Sur, que leva o nome de um dos trechos mais cênicos da Highway 1, e outra mais curta no Hearst Ranch, na cidade de San Simeon. Durante todo o tempo, o Corvette 1963 provou que, mesmo após 55 anos, ainda tem robustez de sobra.

Apesar de não assumir a direção, a reportagem do Garagem 360 conseguiu sentir um pouco da vida a bordo do veículo, que oferece muito conforto ao motorista e ao passageiro. Os bancos de couro vermelho combinam com o painel de instrumentos, que exibe uma série de botões que podem ser pressionados ou puxados.

Por conta do calor, Honeycutt manteve o ar-condicionado ligado durante toda a viagem. O sistema funcionou perfeitamente e não comprometeu o desempenho do veículo, que continuou entonando o ronco forte do motor e animando centenas de espectadores posicionados nos acostamentos da via para acompanhar e tirar fotos da caravana de carros modernos e clássicos.

Na galeria, veja fotos do Corvette Sting Ray 1963 e de outros carros que participaram da caravana de reabertura da Highway 1:

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *