VW Voyage ou Fiat Grand Siena? Qual sedã veterano vale mais a pena?

Uma briga que dura quase dez anos. Volkswagen Voyage e Fiat Grand Siena já foram referências na categoria dos sedãs compactos. Entretanto, o mercado evoluiu e ficou mais exigente. Atualmente, os dois continuam sendo as opções mais em conta, mas sem o brilho de antes. Chegou a hora de vermos qual veterano vale mais a pena. Suas configurações mais completas são: Voyage 1.6 MSI e Grand Siena 1.4 Attractive.

VW Voyage ou Fiat Grand Siena?

Os dois sedãs são descendentes de carros bastante populares. Lançado em 2008, o alemão foi apresentado junto da quinta evolução do Gol e desde então, sofreu algumas mudanças na aparência. Por outro lado, o italiano é o mesmo carro desde 2012, quando chegou com alguns aspectos diferentes do Palio.

Foto: Divulgação/Volkswagen

Dois carros para serem usados em qualquer situação. Ambos servem quem costumar viajar com a família ou quem trabalha com transporte via aplicativo. Pensando nas dimensões, o Fiat Grand Siena leva a melhor na maioria dos quesitos. Destaque para a distância entre-eixos (2.511 mm contra 2.467 mm do Voyage) e a capacidade do porta-malas (520 litros contra 480 litros).

Na linha 2021, ambos possuem duas opção de acabamento. A mais completa do carro da VW usa o motor 1.6 8v Total Flex, com potência de 101 cv (gasolina) ou 104 cv (etanol) a 5.250 rpm. O torque é de 15,4 kgfm (gasolina) e 15,6 kgfm (etanol) a 2.500 rpm.

De acordo com a montadora, a versão com câmbio manual (cinco velocidades) pode atingir a velocidade máxima de 184 km/h (gasolina) ou 186 km/h (etanol) e acelerar de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos.

Já o Grande Siena Attractive usa o motor Fire 1.4 EVO 8v Flex. Ele pode gerar 88 cv (etanol) ou 85 cv (gasolina) a 5.750 rpm e torque de 12,5 kgfm (etanol) ou 12,4 kgfm (gasolina) a 3.500 rpm.Sua velocidade máxima pode chegar até 175  km/h e pode acelerar de 0 a 100 km/h em 12,5 segundos. Sua transmissão também é a manual de cinco velocidades.

Foto: Divulgação/Volkswagen
Foto: Divulgação/Fiat Brasil

Consumo

Além de ter o motor mais potente, o Voyage leva uma pequena vantagem no consumo. Segundo dados do Inmetro, ele pode rodar 11,6 km/l (gasolina) e 8 km/l na cidade. Já no perímetro rodoviário , ele faz 14,1 km/l (gasolina) e 9,9 km/l (etanol).

Mas não pense que o Grand Siena faz feio. Ele pode fazer: 11,1 km/l (gasolina) e 7,7 km/l em trechos urbanos; 13,5 km/l (gasolina) e 9,4 km/l (etanol) na estrada.

Preço e equipamentos de série

Apesar de serem projetos mais desfasados, ambos os carros trazem um bom pacote de itens de série.

Foto: Divulgação/Fiat Brasil

Custando a partir de R$ 57.490, o Fiat Grand Siena Attractive vem com airbag duplo, alertas de limite de velocidade, direção hidráulica, controle eletrônico da aceleração, sistema follow me home, freios ABS com EBD e Lane Change, bancos com assento anti-submaring, bancos dianteiros reclináveis, computador de bordo, porta luvas, relógio digital, vidros e travas elétricas; e volante EAS (Energy Abosrbing System) e entre outros.

Foto: Divulgação/Volkswagen

Da mesma forma, o Volkswagen Voyage 1.6 MSI (a partir de R$ 74.990,00) traz freios ABS, dois airbags, ar-condicionado, banco do motorista com ajuste de altura, direção hidráulica, limpador do para-brisa com temporizador. revestimentos dos bancos em tecido, e suporte para celular e entre outros.

A grande vantagem do mineiro é que mesmo adicionando sensor de estacionamento, banco do motorista com regulagem de altura, retrovisores com Tilt Down e vidros elétricos one-touch (o pacote custa R$ 1.705 a mais), fica com um preço bom. Mesmo compensando pagar R$ 1.300 pela central multimídia “Media Plus”, alguns conteúdos acima estão disponíveis apenas no Urban Completo (R$ 6.620 adicionais) do paulista. Com todos eles juntos, o veículo ficaria com preços próximos aos do Virtus.

Conclusão

Assim sendo, o Fiat Grand Siena pode ser uma boa opção, já que tem um porta-malas maior, custa menos e traz um pacote de equipamentos de série mais interessante. Porém, isso não tira os méritos do Voyage, que anda bem, bebe menos e oferece um câmbio automático de seis velocidades (opcional).