Volkswagen celebra 10 anos de vendas do Jetta no Brasil

Notícias 28 de setembro de 2016 Leo Alves 0

O Volkswagen Jetta está completando dez anos a venda no mercado brasileiro. Na época, a marca alemã trouxe importado do México a então recém-lançada quinta geração do sedã, que era equipada com o motor 2.5 de 150 cv. Desde a chegada ao País, ele já vendeu mais de 90 mil unidades.

Pouco mais de um ano depois do lançamento do veículo, a montadora aumentou a potência do propulsor em 20 cv. Com isso, o Jetta passou a ter 170 cv e 24,5 kgfm de torque, mantendo o câmbio automático de seis velocidades.

Quatros anos após a estreia nacional, foi apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo a nova geração do sedã. Suas vendas foram iniciadas em março de 2011, e ele contava com duas opções de motor: 2.0 aspirado de 120 cv, que podia ter câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis, e 2.0 TSI, com 200 cv e transmissão automatizada DSG de dupla embreagem e seis marchas.

Em 2014, a sexta geração passou pelo primeiro face-lift, inaugurando o visual que segue até os dias atuais. Neste período, o propulsor 2.0 TSI ainda ganhou cavalaria extra, passando a render 211 cv.

Neste ano (2016), o Jetta aposentou o motor 2.0 aspirado, incorporando o 1.4 TSI a gasolina de 150 cv em seu lugar para as versões Trendline e Comfortline.

Outra novidade para linha 2016 foi o sistema de infotainment Volkswagen App-Connect. Disponível para as versões Comfortline e Highline, ele permite espelhamento do smartphone com as plataformas MirrorLink (sistemas Android), Carplay (compatível com aparelhos com sistema Apple) e com o sistema Android Auto. Esses dispositivos proporcionam a reprodução e a operação da tela do telefone celular, diretamente na tela do infotainment, como se fosse um espelho e sem comprometer a segurança na condução do veículo.