Tags

Notícias

Uso de carro próprio seguirá forte pós-pandemia, diz pesquisa

Créditos: Pixabay
14 agosto, 2020
Da Redação

Uma pesquisa realizada com 1.363 pessoas sobre mobilidade antes, durante e após a quarentena, informou que 68% dos respondentes, após a pandemia, utilizará apenas o carro para o deslocamento. De acordo com o levantamento, feito pela Webmotors Autoinsights, 39% das pessoas apontaram que utilizarão o carro para deslocamento devido ao menor risco de contaminação, e 35% afirmaram que farão isso por conta da sensação de segurança pela utilização do carro.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Uso de carro pós-pandemia

Fora isso, ainda segundo a pesquisa, alguns entrevistados informaram que preferem o carro nesse momento pela rapidez no deslocamento, além do prazer em dirigir.

O automóvel foi o meio mais citado como forma de mobilidade antes e durante a quarentena. Já o transporte público e carros por aplicativo apresentaram uma leve queda na intenção de uso, e especificamente o transporte público é o meio mais rejeitado para utilização após o término da quarentena.

Para uma parcela de 16% dos respondentes que utilizava o transporte público e carros por aplicativo antes da quarentena, esse volume passou para 11% no momento atual, e a previsão de usarem esses meios após a quarentena é de apenas 8%. Já 46% dos entrevistados alegam que não utilizarão o transporte público após o fim da quarentena.

LEIA MAIS: Covid-19: especialista indica como será o setor automotivo pós-pandemia no Brasil
Veja 5 dúvidas sobre o uso do automóvel durante a pandemia da covid-19

Estudo sobre o trânsito após a quarentena

O Webmotors Autoinsights fez também uma pesquisa com 1.383 participantes sobre o trânsito após a quarentena. Quando questionados sobre o que irá ocorrer com o trânsito nas grandes cidades após a quarentena, 48% apontou que acredita que o trânsito será o mesmo, 41% que o trânsito irá piorar e 11% que o trânsito deve melhorar.

Para os que acreditam na piora, os principais motivos informados foram: o medo de aglomerações em transporte público; o aumento de motoristas por aplicativo devido ao desemprego; a falta de planejamento urbano; a ansiedade da população em sair de casa; e que a volta ao trabalho e estudos será normalizado.

Já os que optaram pela melhora no trânsito, as razões informadas foram: maior conscientização da população; crise financeira, pessoas não terão mais carros; mais empresas fazendo home office; as pessoas vão evitar sair de casa sem necessidade; as pessoas não terão dinheiro para abastecer seus carros; e novos hábitos dos brasileiros.

Carros lançados no Brasil durante a pandemia

A pandemia da covid-19 derrubou as vendas e a produção do mercado automotivo. Porém, apesar do cenário de crise, alguns modelos foram lançados no Brasil desde o início da quarentena.

Na galeria, veja alguns carros novos que chegaram ao mercado nos últimos meses. A lista inclui tanto modelos novos como atualizações de outros que já estavam em linha.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.