Tags

Notícias

Toyota vai construir cidade inteligente na base do Monte Fuji, no Japão

Créditos: Foto: Divulgação
13 janeiro, 2020
Maria Beatriz Vaccari

A Toyota anunciou que construirá uma cidade inteligente em um terreno de 175 acres na base do Monte Fuji, no Japão. A informação foi divulgada durante a CES 2020, principal exposição de tecnologia e inovação do mundo.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Chamada de Woven City (“cidade entrelaçada”), a região será um ecossistema totalmente conectado que funcionará à base de hidrogênio. A ideia é começar com duas mil pessoas e aumentar a população conforme o andamento do projeto, cuja inauguração está prevista para o início de 2021.

O objetivo é que a comunidade seja uma espécie de “laboratório vivo”, composta por residentes e pesquisadores que vão desenvolver tecnologias autônomas, robóticas, de mobilidade pessoal, casas inteligentes e inteligência artificial. A Toyota fará um convite aberto e colaborativo para parceiros comerciais, acadêmicos, pesquisadores e cientistas de todo o mundo para viverem na cidade.

LEIA MAIS: Conheça os carros autônomos testados ao redor do mundo
Sony surpreende e mostra conceito Vision-S durante a CES 2020

Organização e design da cidade 

A planta da cidade inclui divisões de vias em três tipos: só para veículos rápidos; para veículos mais lentos, mobilidade pessoal e pedestres; e uma pista arborizada apenas para pedestres. Esses três tipos de via se entrelaçam para formar uma planta octogonal orgânica, que vai acelerar os testes de autonomia.

Para o deslocamento dos moradores pela cidade, apenas veículos autônomos e sem emissão de carbono serão permitidos nas vias principais. Os Toyota e-Palletes serão utilizados para transporte e entregas, incluindo o varejo móvel.

A cidade foi planejada para ser totalmente sustentável, com edificações feitas principalmente de madeira tradicional japonesa, para reduzir a pegada de carbono do ecossistema, e construções típicas do país, combinadas com métodos de produção robotizados. Os telhados serão cobertos de painéis fotovoltaicos para gerar energia solar e complementar a energia produzida por células de hidrogênio. A Toyota também vai incluir ambientes a céu aberto em diversas partes da cidade, com vegetação nativa e hidroponia.

Os residentes terão acesso a tecnologias de ponta, como robótica in-home, para ajudá-los no dia a dia. As casas usarão inteligência artificial baseada em sensores para verificar a saúde dos moradores e tomar conta de suas necessidades básicas.

 

 

 

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.