Testamos: Hyundai HB20X agrada sem brilhar

Os detalhes da versão aventureira do hatch |Foto: Leo Alves/Garagem360

Como já adiantado na seção Primeiras Impressões, o Hyundai HB20X foi o carro avaliado pelo Garagem360 nos últimos dias. E por mais que ele tenha agradado de maneira geral, há alguns pontos que merecem ser considerados antes de bater o martelo na compra do modelo.

Hyundai HB20X: dia a dia

Todos as configurações do HB20 que já passaram por nossos testes se mostraram excelentes no convívio a bordo. E o HB20X não foi diferente. Em termos de dirigibilidade e comportamento dinâmico, o hatch demonstra as mesmas características dos demais. A posição de dirigir é uma das melhores do segmento e o carro oferece os sempre bem-vindos ajustes de profundidade e altura da coluna de direção. Por isso não é difícil encontrar uma regulagem confortável para conduzir o carro.

Ao volante, mesmo sendo 4 cm mais alto que os demais modelos, não notei nenhuma diferença na condução. A direção elétrica é leve, mas bem direta e transmite segurança em trechos de rodovias. Já o acerto da suspensão é confortável, dando estabilidade para a carroceria, mas ser incômoda aos ocupantes. Todos os comandos são próximos e de fácil acesso, e o carro conta com alguns mimos que sempre ajudam, como o acendimento automático dos faróis. Internamente, leva-se até quatro adultos com conforto mediano na cabine, afinal trata-se de um hatch compacto.

Com 130 cv de potência, o motor 1.6 aspirado é o mais potente da linha HB20. Mas não é o mais eficiente, já que há o 1.0 turbo de 120 cv. Entretanto, o propulsor entrega um bom desempenho e combina bem com o câmbio automático de seis marchas. O torque em baixa não é abundante como nos modelos turbinados, mas é suficiente para todas as situações. E por ter encerrado o teste com média de 7,5 km/l no etanol, rodando a maior parte do tempo na cidade, podemos afirmar que o consumo é razoável.

Vale a compra?

Os mais de R$ 94 mil pedidos pelo carro na versão Diamond Plus deixam o HB20X com preço muito próximo ao dos SUVs compactos. Por isso, para quem procura um aventureiro, talvez fosse mais vantajoso já partir para um utilitário. No entanto, é inegável que a dirigibilidade do hatch altinho é melhor que a maioria dos SUVs de entrada. Na linha 2022, essa versão passou a ser equipada com o sistema Bluelink de conectividade, que adiciona botões físicos ao retrovisor, incluindo um botão de emergência, e a opção de poder comandar algumas funções pelo celular.

Por ser agradável ao volante, ter um bom pacote de equipamentos e entregar um bom espaço interno, o Hyundai HB20X agrada no teste mesmo sem ser um carro brilhante. Isso porque ele é competente no que se propõe, mas não é inovador em nenhum fator.

Ficha técnica

Hyundai HB20X Diamond Plus

Motor: 1.6 16v aspirado dianteiro transversal
Potência máxima: 130 cv (etanol) / 123 cv (gasolina) a 6 mil rpm
Potência específica: 81,7 cv/litro
Torque máximo: 16,5 kgfm (etanol) / 16 kgfm (gasolina) a 4.500 rpm
Tração: dianteira
Transmissão: automática de seis marchas
Suspensão dianteira: McPherson
Suspensão traseira: eixo de torção
Freios: disco nas rodas dianteiras e a tambor na traseira
Direção: elétrica
Dimensões: 3,97 m x 1,74 m x 1,54 m (comprimento x largura x altura)
Distância entre-eixos: 2,53 m
Porta-malas: 300 litros
Tanque de combustível: 50 litros
Consumo urbano: 11,7 km/l (g) / 8,1 km/l (e)
Consumo rodoviário: 13,3 km/l (g) / 9,3 km/l (e)
Peso: 1.098 kg
Velocidade máxima: 186 km/h
Aceleração 0-100 km/h: 10,9 segundos
Preço sugerido: R$ 94.490 (em 8/5/2021 – segundo o site da marca)

Leo Alves
Leo AlvesJornalista formado na Universidade Metodista de São Paulo e participante do curso livre de Jornalismo Automotivo da Faculdade Cásper Líbero, sou apaixonado por carros desde que me conheço por gente. Já escrevi sobre tecnologia, turismo e futebol, mas o meu coração é impulsionado por motores e quatro rodas (embora goste muito de aviação também). Já estive na mesma sala que Lewis Hamilton, conversei com Rubens Barrichello e entrevistei Christian Fittipaldi.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar