5 tecnologias “do futuro” que já estão presentes no transporte público brasileiro

A tecnologia no transporte público brasileiro é invejável. Mesmo alvo de críticas constantes, e válidas, a implementação de sistemas e maquinários ultra modernos é feito de maneira invejável aqui, como veremos.

A tecnologia envolvida no transporte público vai muito além do métodos de pagamento
A tecnologia envolvida no transporte público vai muito além do métodos de pagamento (Imagem: Arquivo Secom Maceió)

Tecnologia do transporte público brasileiro dá exemplo para o mundo!

1 – Biometria e controle de uso de benefícios

Uma das inovações no transporte público brasileiro é o uso da biometria facial para o controle de uso dos benefícios dos passageiros.

Implementa-se essa tecnologia junto com o sistema de bilhetagem, permitindo assim um acompanhamento preciso utilizando a estrutura já existente.

VEJA TAMBÉM

Além disso, a biometria facial também torna o processo de pagamento mais conveniente, eliminando a necessidade de cartões físicos ou passes.

2 – Tecnologia para a segurança 

A segurança dos passageiros é sempre uma preocupação. Para isso, câmeras de segurança estão sendo amplamente utilizadas nos veículos e estações. Essas câmeras inibem não apenas crimes, mas também condutas irregulares por parte de passageiros e funcionários.

3 – Validação online

Tecnologias como validadores desempenham um importante papel no controle de acesso ao transporte urbano.

Isto porque eles permitem a troca direta de informações entre o sistema de bilhetagem e os veículos. Assim, é possível a atualização instantânea de informações, como o bloqueio de cartões perdidos, roubados ou fraudados.

Além disso, a bilhetagem eletrônica oferece uma variedade de serviços. Por exemplo, o cadastramento de usuários e opções de pagamento via boleto, cartão de crédito ou PIX.

4 – Bilhetagem multisserviço

Outra inovação importante é a adoção de plataformas de bilhetagem com conceito multisserviços. Isso permite a inclusão de novos recursos e funcionalidades de forma flexível à medida que for necessário ou desenvolvido.

Essa abordagem oferece também maior customização e controle da operação. Assim permite que as políticas de transporte público se adaptem às necessidades dos passageiros.

5 – Ônibus elétricos

O Brasil também está se destacando na adoção de ônibus elétricos. Isto é um passo importante em direção à sustentabilidade no transporte público, assim como para seu barateamento.

Ônibus elétricos serão cada vez mais comuns
Ônibus elétricos serão cada vez mais comuns (Imagem: Divulgação/Marco Polo)

Por exemplo, a empresa Marcopolo recentemente apresentou modelos de ônibus eletrificados facilmente integráveis no sistema.

Primeiramente, temos o Attivi. Este 100% elétrico oferece recursos como carregadores USB, ar-condicionado e sistema de áudio interno para maior conforto dos passageiros. 

Além disso, para o motorista, há uma câmera de ré com sirene e um monitor no painel, tornando a condução mais segura e eficiente.

Outro destaque é o Volare Attack 8 Autônomo, o primeiro protótipo de micro-ônibus autônomo da América do Sul.

Com tanta tecnologia, o transporte público brasileiro pode ser exemplo para outros países. Assim, basta uma união forte entre políticas públicas, empresas e população para que os avanços sejam sentidos verdadeiramente nas ruas.

Aproveite e confira: SPTrans homologa ônibus elétrico para rodar em São Paulo; veja itens de conforto e autonomia

Adson Leonardo
Adson LeonardoAdson Leonardo é redator desde 2018, escrevendo para blogs empresariais e temáticos, mídias sociais e perfis pessoais de executivos. Além disso, é escritor, poeta e apaixonado por ciência. Aliando suas habilidades narrativas com o olhar afiado para dados, seu foco é criar textos sólidos, que engajam, educam e guiam o leitor pelo tema abordado.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar