SUV elétrico da Honda seria o rival perfeito da BYD no Brasil

A Honda está se preparando de vez para entrar no mercado de veículos elétricos global. A montadora japonesa prepara para 2024 o Prologue, um SUV elétrico com autonomia de quase 500 km para competir com tudo e com todos. 

Prologue - SUV elétrico da Honda chega em 2024 ao mercado global - Foto: Divulgação

 

Prologue – SUV elétrico da Honda chega em 2024 ao mercado global – Foto: Divulgação

 

Prologue – o SUV elétrico da Honda

O Honda Prologue é baseado na plataforma Ultium da General Motors (GM) compartilhando a mesma plataforma e bateria de modelos como o Blazer EV. 

No entanto, a Honda acredita que seu refino, sobretudo na suspensão, cabine e estilo são suficientes para trazer um diferencial ao veículo. 

O conceito do design, de acordo com a marca, é neo-robusto, simples e limpo. É bem apresentável, mas lembra um pouco os modelos Volvo. 

Quanto às dimensões, é maior que o CR-V, medindo 4,87 m de comprimento, 1,98 m de largura e 3,09 m de entre-eixos. O destaque são as rodas de 21 polegadas, as maiores em um carro da marca. 

No interior, o Prologue oferece um ambiente esportivo, moderno, espaçoso e confortável. Possui um visor de instrumento digital padrão de 11 polegadas e uma tela sensível ao toque HD de 11,3 polegadas com compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto™.

Além disso, conta com itens como:

  • Pneus auto vedantes 

  • Modo de condução Sport 

  • Sistema Honda Sensing® padrão, 

  • Freios traseiros cruzados

  • Assistência de direção em zona cega 

  • Alerta de pedestres traseiro

Honda Prologue interior - Foto: Divulgação

 

Honda Prologue interior – Foto: Divulgação

 

Pegada Crossover 

A marca chama o lançamento de Crossover, mas não divulgou informações como altura do solo, ângulo de entrada e saída, bem como informações mais aprofundadas do desempenho. 

Apenas informou a motorização: com um ou dois motores de 288 cv e 45.88 kgf.m. As versões EX e Touring ainda contam com tração integral. 

A bateria de íons de lítio de 85 kWh anunciada oferece uma autonomia de 300 milhas (482,803 km). O carregamento rápido, com taxas de até 155 kW, é de 65 milhas (104 km) a cada 10 minutos. 

Além disso, há diferentes opções de pacotes de carregamento público nos EUA, com estações de carregamento doméstico, portátil e público, a partir de US$ 100 (cerca de R$ 498). 

As primeiras unidades serão entregues no início de 2024 no mercado global. Por aqui, não há indícios de que o SUV seja lançado, pelo menos não em um futuro próximo. 

Apesar da demora em apresentar um eletrificado enquanto várias marcas já estão bem a frente nesse quesito, a Honda se esforça. 

Apesar disso, a montadora tem planos ousados, incluindo lançar 30 carros elétricos em todo o mundo até 2030, e assim, chegar à meta de dois milhões de unidades.

Veja também:  Volvo anuncia versões MAIS BARATAS para seus SUVs elétricos. Efeito BYD?

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar