Saiba quais itens avaliar antes de comprar um carro usado

Notícias 30 de agosto de 2018 Da Redação 0

A compra de um seminovo tende a ser vantajosa por ser mais acessível financeiramente. Entretanto, esses modelos exigem atenção, já que não oferecem a mesma garantia de funcionamento perfeito como os zero quilômetro.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

“Certo motorista tinha acabado de comprar um carro usado e estava muito satisfeito com a transação. Quando perguntei se havia feito alguma inspeção antes da compra, ele confessou que só olhou a condição dos pneus. Resultado: com poucas semanas de uso, o carro precisou ser rebocado, pois estava com a suspensão comprometida e correia dentada partida”, conta Fábio Pinto, CEO da Carflix, startup que conecta compradores e vendedores de carros usados.

O profissional recomenda não economizar na hora da compra e investir na consultoria de um bom mecânico. Outra alternativa é buscar carros com garantia completa, e não apenas motor e câmbio. Os veículos à venda na Carflix, por exemplo, são de pessoas físicas e tiveram mais de 130 itens inspecionados antes de chegaram à plataforma.

Como saber se o carro usado é uma boa compra?

Na parte interna do carro, observe sinais de desgaste no pedal de freio – ele deve estar compatível com a quilometragem informada no odômetro. Também verifique se há odores nos estofados, além do funcionamento do ar-condicionado, rádio, sensores e vidros, sejam eles elétricos ou não.

Teste o volante e o câmbio. Se tiverem perdido o atrito que a borracha causa, é porque estão gastos. Em carro com airbag, gire a chave e olhe no quadro de instrumentos. A luz do airbag deve se acender por alguns segundos e depois se apagar, indicando que tudo está em ordem. Se não acender, há algo errado.

Motor

Inspecionar o motor do carro é tarefa para um profissional, mas é possível verificar alguns itens antes de acionar um mecânico. Abra o capô, observe se há partes enferrujadas na parte de baixo da lataria e verifique o nível e o aspecto do óleo no reservatório. Se estiver escuro ou baixo, deve ser trocado.

Verifique ainda as correias e mangueiras. Caso apresentem rachaduras, estão em mau estado. Outra observação importante é na hora de ligar o carro. Se o motor demorar para funcionar, é provável que os bicos injetores estejam entupidos.

Escapamento tem de estar preto de fuligem. Se estiver melado de óleo, é porque o motor precisa de conserto. Fumaça azulada também é um sinal negativo.

Lataria e pintura

Esse ponto da revisão tem a ver com a estética do carro e não com seu desempenho, portanto, qualquer motorista leigo pode observar e exigir consertos. Procure ver o carro usado no claro, de preferência em ambiente aberto para checar com mais facilidade a lataria e a pintura.

Dê leves batidas na lataria para verificar se há diferença no barulho, o que pode indicar colisões no passado. Também é recomendado balançar o carro. Se ele continuar balançando, pode ter problemas na suspensão.

Outra observação importante é verificar se os eixos estão alinhados e também se há desgaste diferente entre os pneus. Olhe também o carro de frente, encostando o rosto no para-lama e analisando toda a lateral. Essa dica é eficiente para descobrir diferenças de textura na tinta, desalinhamento das portas ou pequenos amassados na chapa.

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *