Saiba como conservar o banco de couro

Serviços 27 de fevereiro de 2015 Rodrigo Loureiro 0

Limpeza periódica e hidratação, pelo menos, a cada seis meses são os principais cuidados

Luxuosos, os bancos revestidos em couro requerem cuidados especiais, para que fiquem sempre bonitos, com aspecto de novo e não tenham a via útil comprometida. Apesar de a sua limpeza parecer mais simples que a dos bancos em tecido, ela tem de ser feita com cautela.

Em primeiro lugar, passe longe de produtos como álcool, cera automotiva, solvente, polidor, detergente e derivados de petróleo (silicone e vaselina, por exemplo), pois eles podem provocar a despigmentação da tinta, manchar e até rasgar o material. A fim de evitar danos, a melhor escolha é um pano macio, sem tingimento e umedecido com água e sabão neutro. A secagem pode ser feita com um pano seco.

Quanto à frequência da limpeza, não existe uma ideal, mas o certo é não deixar a sujeira impregnar no couro, caso contrário, será mais difícil removê-la. Nos carros com bancos de couro de cor clara, no entanto, a higienização tem de ocorrer em intervalos menores, pois eles sujam com mais facilidade, assim como acontece com as roupas.

Foto: Divulgação
banco de couro 2
Bancos de couro precisam de hidratação a cada seis meses

Hidratação

Outro cuidado importante, segundo Milena Tidero, gerente de vendas da Tapeçaria do Alemão, é a hidratação. “O couro precisa ser hidratado, de preferência profissionalmente, pelo menos, de seis em seis meses para evitar danos devido ao ressecamento”, comenta. No local, o preço do serviço parte de R$ 190. Se você preferir tratar do revestimento em casa, estão à venda no mercado hidratantes específicos para bancos de couro automotivos. As opções mais indicadas são os líquidos, pois eles penetram melhor no material.

Mas as dicas não param por aí. Para conversar este tipo de revestimento também é preciso evitar deixar o carro estacionado em ambientes com exposição direta ao sol; não carregar objetos perfurantes como chaves nos bolsos de trás de calças, shorts e bermudas; tomar cuidado com zíperes e botões das roupas, bem como com canetas, tintas e alimentos e bebidas que mancham, e não molhar os bancos.

E atenção: caso o couro do seu caso já esteja avariado, atualmente existem processos de revitalização e repintura que podem melhorar de modo satisfatório o estado geral do material. Nestas situações,  consulte uma empresa especializada, pois somente um profissional capacitado poderá indicar o tratamento ideal e realizá-lo com qualidade.