Recall da Tesla convoca milhares de carros por problema de segurança

Recall da Tesla
A Tesla irá realizar mais um recall em milhares de carros vendidos na China (Foto: Divulgação/Tesla)

Um recall da Tesla em milhares de carros vendidos na China será feito pela fabricante. De acordo com informações do “The Wall Street Journal“, mais de 285 mil veículos serão chamados para uma atualização do software dos sistemas de controle no piloto automático.

Recall da Tesla convoca milhares de carros por problema de segurança

Segundo a publicação, serão chamadas 249,855 unidades do Model 3 (sedã) e do Model Y. Estes são fabricados na planta ds montadora de Elon Musk na cidade de Shangai. A fábrica foi inaugurada em janeiro do ano passado.

Enquanto isso, os outros 35.665 veículos são unidades do Model 3 importados dos EUA.

Tesla Model 3 (Foto: Divulgação/Tesla)

O órgão responsável pela regulamentação do mercado local diz que foi feita uma investigação anteriormente. Eles descobriram que o controle de velocidade de cruzeiro pode ser acidentalmente ativado. Isso poderia ser bastante perigoso, visto que o problema poder resultar em um “aumento de velocidade inesperado”.

Leia mais: Novos carros da Volvo terão supercomputador para prevenir acidentes

Além disso, quem possui um dos modelos citados acima e que foram produzidos entre dezembro de 2019 e junho de 2021, não precisarão ir até as concessionarias. Os reparos necessários serão feitos remotamente e sem custo adicional.

Tesla Model Y (Foto: Divulgação/Tesla)

A Tesla já se pronunciou sobre o assunto. “Pedimos desculpas pela inconveniência causada por este recall a todos os proprietários dos nossos carros. Continuaremos melhorando a segurança em estrita conformidade com os requisitos nacionais”, diz a empresa por meio de sua conta em uma rede social local chamada Weibo.

Tesla na China

E esta não será a primeira vez que um recall da Tesla será realizado no país asiático. No último ano, por exemplo, a marca teve que chamar 29.193 unidades do Model X e do Model S. Um problema na suspensão direita foi a causa deste recall. Já em 2019, unidades foram recolhidas para consertar problemas no airbag.

Tesla Model X (Foto: Divulgação/Tesla)

Polêmicas envolvendo a montadora também marcam a sua presença no país asiático. No começo deste ano, a Bloomberg publicou uma matéria falando que o governo local iria banir carros da Tesla de complexos militares. De acordo com a publicação, os chineses temiam que os carros poderiam estar sendo usados para a prática da espionagem.

Tesla Model S (Foto: Divulgação/Tesla)

Por fim, no último mês de maio, a empresa anunciou a criação de um sistema de armazenamento com dados coletados por veículos vendidos na China. Eles serão guardados localmente.

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde abril de 2021. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar