Rastreador para motos: tudo o que você precisa saber!

Rastreador para motos, tudo o que você precisa saber
O rastreador para motos funciona através de GPS (Foto: Pixabay)

O número de roubos e furtos nas grandes cidades é alto, e pouco se fala dos rastreadores para motos, algo que pode ser crucial para recuperar a sua motocicleta. Entenda um pouco mais sobre eles.

Rastreador para motos, tudo o que você precisa saber
O aparelho de segurança pode ser crucial na recuperação de sua moto (Foto: Pixabay)

Rastreador para motos e o cenário atual

A cada 18 minutos, uma moto é roubada ou furtada no estado de São Paulo, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública Estadual. O crime aumentou pouco mais de 4,3% nos cinco primeiros meses deste ano, em relação ao mesmo período de 2020. Também de acordo com a SSP, no ano passado, apenas em São Paulo, cerca de 97 mil veículos foram roubados ou furtados.

Dito isso, bobear não é uma opção, e se existe a possibilidade de garantir o retorno de alguma forma, ela é válida.

VEJA TAMBÉM

O funcionamento de uma rastreador veicular

De acordo com a seguradora Porto Seguro, o rastreamento veicular é uma tecnologia que permite monitorar seu veículo a distância e obter informações sobre localização, percursos, horários e velocidades do seu carro, caminhão ou frota.

Para motos, o funcionamento é o mesmo. Para que o rastreamento funcione, são necessários o uso de alguns componentes, como o próprio rastreador, um sistema de comunicação que seja capaz de traduzir as informações do dispositivo, e um meio para que essas informações trafeguem do sistema até o usuário.

O tipo de rastreamento mais comum e mais usado é o de geolocalização, comumente chamado de GPS.

Rastreador para motos, tudo o que você precisa saber
motos (Foto: Pixabay)

Por que aderir ao uso de rastreador para motos?

A seguradora ainda ressalta que o rastreador permite realizar o monitoramento do veículo, o que aumenta a segurança do proprietário, já que é possível acompanhar o percurso da moto em tempo real, além de ser mais fácil de recuperar em casos de roubo ou furto.

Em casos onde o serviço de rastreamento é contratado através de uma empresa, também é possível definir um limite pré-estabelecido, no qual se esse for ultrapassado, o proprietário é avisado. Também é possível acompanhar o trajeto através de aplicativos compatíveis com o aparelho.

Além disso, em alguns casos do serviço contratado, além da vantagem de rastreamento em tempo real, o proprietário da moto tem a opção de consultar o histórico de rota dos últimos três meses, caso necessário.

Aproveite e veja: Tudo sobre o Fiat Toro 2022

Honda CBR 1000RR-R
Honda CBR 1000RR-R Fireblade 2022. (Foto: Divulgação/Honda)

Quanto custa?

É válido lembrar que, assim como os carros, os rastreadores para motos também podem ser comprados por conta, sem necessariamente contratar o serviço de uma empresa especializada.

Se esse for o seu interesse, lembre-se de instalá-lo em um local recomentado e que te ofereça a garantia do serviço.

A nossa reportagem realizou uma breve pesquisa para saber o preço para adquirir um rastreador para motos. Existem produtos a partir de R$ 63, e outros ultrapassam a casa dos mil reais. Já os planos de contratação de serviço de rastreamento e monitoramento de motos, possuem preço médio de R$ 69,90, como é o caso do serviço da Porto Seguro e da Carsystem.

Mas lembre-se de aderir um produto de confiança, seja de uma empresa especializada, ou se for comprar por conta, para se caso precise, não ficar na mão.

Rastreador para motos, tudo o que você precisa saber
Existem rastreadores a partir de R$ 63 no mercado (Foto: Pixabay)

 

Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe. Atualmente dedica-se à redação do portal Garagem 360, produzindo notícias, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar