Quanto custa um carro elétrico no Brasil em 2023: compare preços

Quanto custa um carro elétrico no Brasil? Os eletrificados estão ganhando cada vez mais espaço no mercado automotivo brasileiro e a busca por opções mais acessíveis tem se tornado uma tendência.

Pensando nisso, fizemos uma lista dos modelos mais baratos disponíveis no país. 

Chery icar
Chery iCar é o carro elétrico mais barato do Brasil. Foto: Divulgação

Quanto custa um carro elétrico no Brasil

Antes de mais nada, vamos aos carros:

VEJA TAMBÉM

CAOA Chery iCar – R$ 139.990

O iCar conta com o preço inicial de R$ 139.990. O hatch subcompacto é uma opção interessante para quem busca um carro elétrico urbano e econômico.

Ele oferece um design moderno, com o tamanho ideal para as cidades. 

O modelo é equipado com um motor elétrico que gera 61 cv de potência e 15,3 kgfm de torque máximo.

Sua bateria de 30 kWh permite percorrer até 282 km, de acordo com o Inmetro. 

Jac E-JS1 – R$ 139.990

Outra opção com preço similar é o Jac E-JS1, também disponível por R$ 139.990. É um hatch compacto que oferece um bom desempenho e autonomia adequada para o uso urbano. 

Possui quase a mesma potência do modelo Chery: 62 cv de potência e 15,3 mkgf de torque máximo.

De acordo com a marca, o modelo possui uma bateria de fosfato de ferro-lítio, que proporciona uma autonomia de até 302 km

jac e-js1
O Jac e-js1 custa o mesmo que o iCar, mas tem alguns itens de série a mais. Foto: Divulgação

Carro elétrico Renault Kwid e-tech – R$ 149.990.

O Renault Kwid e-tech é um pouco mais caro, vendido a R$ 149.990. É bem parecido com o Kwid à combustão, apesar de ter menos potência, mas sua aceleração é maior.

O motor do e-tech gera 65cv de potência e 11,5kgfm de torque, enquanto o modelo com motor 1.0 das versões comuns tem até 71cv e 10kgfm.

Mas o Kwid elétrico não decepciona. Além de oferecer uma boa relação custo-benefício, o compacto possui design atraente e uma autonomia satisfatória para o dia a dia: até 185 km

BYD Dolphin – R$ 149.800

O BYD Dolphin é a sensação entre os carros elétricos. Em apenas 30 dias, a marca chinesa vendeu 3 mil unidades do hatch que chegou para balançar o mercado de eletrificados.

Para isso, conta com design arrojado,  desempenho emocionante, bem como uma experiência de condução emocionante. 

É o motor mais potente entre os modelos até R$ 150 mil, com 95 cv de potência e 18,4 kgfm. De acordo com o Inmetro, a bateria de 44,9 kWh  oferece uma autonomia de 291 km

BYD Dolphin
BYD Dolphin veio para aquecer o mercado de carros elétricos no país. Foto: Divulgação

Fiat 500e

Embora um pouco mais caro do que os modelos anteriores, o Fiat 500e é uma opção premium no segmento de carros elétricos.

Com um preço inicial de R$ 214.990, o 500e oferece um design icônico e uma experiência de condução refinada.

Além disso, o propulsor não decepciona.

O 500e conta com motor que entrega 118 cv e 22,4 kgfm de torque. A aceleração é de 0 a 100 km/h em 9 s e a uma velocidade máxima de 150 km/h. 

Qual carro elétrico levar?

Eaí? Qual desses você quer levar para casa? A princípio, todos custam acima de R$ 100 mil. No entanto, esse preço pode reduzir, já que algumas montadoras já estão no país e vão produzir aqui, o que reduz os preços consideravelmente. 

Vale a pena esperar um pouco mais para comprar um eletrificado.

Você também pode gostar: BYD Seal é TUDO o que imaginávamos e muito mais! Preço surpreende

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar