Projeto que reduz tarifa de combustíveis será votado na semana que vem

votação do projeto que desonera tarifas de combustíveis e energia será votada semana que vem, na terça-feira, veja os detalhes
votação do projeto que desonera tarifas de combustíveis e energia será votada semana que vem, na terça-feira, veja os detalhes (Foto: Freepik)
publicidade

De acordo com o presidente da Câmera dos Deputados, Arthur Lita, a votação do projeto que limita a alíquota do ICMS de combustíveis e energia a 17%, será votado semana que vem, na terça-feira (24), veja os detalhes.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

votação do projeto que desonera tarifas de combustíveis e energia será votada semana que vem, na terça-feira, veja os detalhes
votação do projeto que desonera tarifas de combustíveis e energia será votada semana que vem, na terça-feira, veja os detalhes (Foto: Zeca Ribeiro / Câmera dos Deputados)
publicidade

Alta dos combustíveis: projeto que prevê a redução de tributos será votado terça-feira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que pretende colocar em votação na próxima terça-feira (24) o Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/22, que desonera as tarifas de energia, telecomunicações e transportes.

A proposta classifica combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e transportes como bens e serviços essenciais, com alíquota máxima de ICMS de 17%.

VEJA TAMBÉM

“Esse não é um debate político ou ideológico. É um debate de país. Vou conclamar todos os Poderes para refletirmos sobre a realidade emergencial do mundo de hoje, que afeta o povo e exige ações institucionais com visão de nação”, disse Lira, por meio de suas redes sociais.

publicidade

Hoje na parte da manhã, no Plenário, Lira informou que na próxima terça-feira haverá reunião na residência oficial com os líderes da oposição e da base aliada para discutir a votação do PLP 18/22, que desonera as tarifas de energia, telecomunicações e transportes.

“Precisamos de uma saída do Congresso, junto com Judiciário e Poder Executivo, para diminuição dos preços inflacionários e mundiais”, apontou Arthur Lira. “O Plenário terá a oportunidade de dar passo decisivo para contribuir contra o abuso dos impostos nas telecomunicações, energia e transportes. Devemos desonerar os impostos destes setores que se são essenciais.”

publicidade
votação do projeto que desonera tarifas de combustíveis e energia será votada semana que vem, na terça-feira, veja os detalhes
Projeto deve ser votado na terça-feira, para o autor, a limitação visa garantir o princípio da dignidade humana (Foto: Freepik)

O projeto de Lei Complementar 18/22

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 211/21 estabelece limite para a tributação dos bens essenciais, especialmente energia, petróleo, telecomunicações e gás. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

Conforme a proposta, a alíquota máxima para os bens essenciais será de 5%, podendo ser aumentada em até 15% quando se tratar de progressividade ambiental, desde que obedecido o princípio de acesso aos bens essenciais por todos os brasileiros. A regra vale para os tributos federais, estaduais e municipais.

publicidade

O projeto é do deputado Sidney Leite (PSD-AM). Ele afirma que a limitação visa garantir o princípio da dignidade humana.

Os textos estão em regime de urgência e podem ser votados pelo Plenário a qualquer momento.

IBGE aponta alta dos combustíveis em 3,2% em abril

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, divulgou os dados do IPCA em abril. De acordo com o levantamento, o setor de transportes registrou nova alta de 1,91%.  O aumento foi influenciado principalmente pelo reajuste dos combustíveis, que ficaram 3,20% mais caros no último mês.

publicidade

Somente a gasolina subiu 2,48% e exerceu impacto de 0,17 p.p. no índice do mês. Houve altas também nos preços do etanol (8,44%), óleo diesel (4,74%) e gás veicular (0,24%).

votação do projeto que desonera tarifas de combustíveis e energia será votada semana que vem, na terça-feira, veja os detalhes
De acordo com o IBGE, os combustíveis ficaram 3,2% mais caros em abril (Foto: Freepik)

Fonte: Agência Câmara de Notícias e IBGE

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade

 

Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe. Atualmente dedica-se à redação do portal Garagem 360, produzindo notícias, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar