Primeiras impressões: Hyundai HB20X é mais interessante do que parece

Primeiras impressões: Hyundai HB20X é mais interessante do que parece
Versão aventureira está sendo avaliada por nossa equipe |Foto: Divulgação/Hyundai

O Hyundai HB20X é um dos poucos hatches com apelo aventureiro que restaram no mercado. Em seu segmento, ele concorre com Renault Stepway (que perdeu o nome Sandero) e com o Fiat Argo Trekking. Ele também é o modelo mais completo da linha HB20 com o motor 1.6, que é o mais potente da gama – embora menos eficiente que o 1.0 turbo.

Hyundai HB20X

Com todos esses atributos, o modelo foi cedido para ser avaliado pelo Garagem360 por alguns dias. A versão fornecida pela Hyundai foi a Diamond Plus, configuração mais completa do aventureiro, tendo preço sugerido de R$ 94.490.

E por mais que a imagem que abre esse texto seja de um modelo na cor Verde Amazon, o modelo avaliado é pintado no tom Prata Sand – cujas fotos serão feitas nos próximos dias. Por isso, não estranhe a diferença nas tonalidades.

De qualquer forma, a ideia é transmitir as impressões iniciais do modelo nesta seção. E já adianto que o carro se mostrou mais interessante do que o previsto.

O preço alto joga contra o carro, mas não é uma exclusividade do aventureiro da Hyundai. No entanto, ao volante ele demonstra as mesmas boas qualidades das outras versões do HB20 já avaliadas.

Isso significa que a boa posição de dirigir, o banco confortável e os ajustes de altura e profundidade do volante seguem presentes. O revestimento em couro e os detalhes em vermelho nas saídas de ar também agradam.

Ao volante, os 130 cv do motor 1.6 são mais do que suficientes. E mesmo sem a agilidade do propulsor 1.0 turbo, o carro agrada. O câmbio automático de seis marchas casa bem com o propulsor, tendo trocas rápidas e sutis.

Por enquanto, o HB20X deixou essas impressões. Porém, todos os detalhes do hatch estarão presentes em nossa tradicional seção Testamos, que será publicada nos próximos dias.

Ficha técnica

Hyundai HB20X Diamond Plus

Motor: 1.6 16v aspirado dianteiro transversal
Potência máxima: 130 cv (etanol) / 123 cv (gasolina) a 6 mil rpm
Potência específica: 81,7 cv/litro
Torque máximo: 16,5 kgfm (etanol) / 16 kgfm (gasolina) a 4.500 rpm
Tração: dianteira
Transmissão: automática de seis marchas
Suspensão dianteira: McPherson
Suspensão traseira: eixo de torção
Freios: disco nas rodas dianteiras e a tambor na traseira
Direção: elétrica
Dimensões: 3,97 m x 1,74 m x 1,54 m (comprimento x largura x altura)
Distância entre-eixos: 2,53 m
Porta-malas: 300 litros
Tanque de combustível: 50 litros
Consumo urbano: 11,7 km/l (g) / 8,1 km/l (e)
Consumo rodoviário: 13,3 km/l (g) / 9,3 km/l (e)
Peso: 1.098 kg
Velocidade máxima: 186 km/h
Aceleração 0-100 km/h: 10,9 segundos
Preço sugerido: R$ 94.490 (em 5/5/2021 – segundo o site da marca)

Leo Alves
Leo AlvesJornalista formado na Universidade Metodista de São Paulo e participante do curso livre de Jornalismo Automotivo da Faculdade Cásper Líbero, sou apaixonado por carros desde que me conheço por gente. Já escrevi sobre tecnologia, turismo e futebol, mas o meu coração é impulsionado por motores e quatro rodas (embora goste muito de aviação também). Já estive na mesma sala que Lewis Hamilton, conversei com Rubens Barrichello e entrevistei Christian Fittipaldi.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar