Preço do diesel: 45% acima do registrado há 12 meses, diz levantamento

preço do diesel
Foto: Terra

De acordo com o levantamento mais recente do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o preço médio do diesel apresenta aumento no início do mês de junho deste ano (2021), no comparativo com o último mês de abril. No caso, uma elevação média de 5,62% no preço do combustível.

Além disso, o levantamento aponta que o combustível foi comercializado a R$ 4,699 nos postos. O que representa valor 45,12% acima do que fora registrado no mês de maio de 2020.

Enquanto isso, segundo a Ticket Log, o diesel S-10, que chegou a custar R$ 4,760, aumentou 5,87% em relação ao mês de maio. Assim, está 45,48% mais caro do que o período citado.

“A redução em abril, que interrompeu uma sequência de cinco aumentos consecutivos até março, já não havia sido mantida no início de maio. Então, agora, com os dados médios do mês, vemos que os preços voltaram a subir no País. No caso, na comparação com março – inclusive, o diesel está 4,72% mais caro. E, o diesel S-10, 4,87% acima”, pontua o head de mercado urbano da Edenred, multinacional que representa a Ticket Log, Douglas Pina.

Fonte: Confederação Nacional do Transporte

Aumento do preço do diesel por região e estados

Ainda de acordo com o levantamento do Índice de Preços Ticket Log, os maiores aumentos no preço do diesel foram encontrados na Região Sul. O valor médio do litro do combustível subiu  7,28%, no caso do diesel comum. E um aumento de 7,46% no caso do preço do diesel S-10.

Por outro lado, o levantamento aponta que os menores índices de elevação no preço do diesel aconteceram na Região Norte. Neste caso, o combustível apresentou aumento no preço de 4,03% para 4,62%.

Já por estados, o aumento no preço do diesel se manteve praticamente estável no mês de maio no Acre (Região Norte). E, em relação ao preço atual do combustível, o estado do Paraná (Região Sul) apresenta o litro do diesel mais caro do Brasil: R$ 5,646 (S-10) e  R$ 5,589 (comum).

Ao analisar todos os estados do país, o levantamento aponta que nenhum estado apresentou redução. “Em nenhum estado foi registrada redução no preço do diesel por litro, em comparação com abril”, explica Pina. “Os maiores aumentos, por sua vez, foram identificados em Santa Catarina (Região Sul). No caso, onde o tipo comum avançou 7,61%, e o tipo S-10, 7,75%”, conclui.

Vale saber que o IPTL se trata de um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log.

Erica Franco
Erica FrancoJornalista por formação, com mais de 15 anos de experiência em redação em geral. Passagens pelo caderno Máquina e Moto Máquina do jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista e site Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar