Poer da GWM chegará para brigar com Hilux e Ranger, porém, com detalhe único

Após o sucesso do Haval H6, a chinesa GWM está se preparando para entrar no mercado nacional com o lançamento. A Poer da GWM virá híbrida plug in e produzida aqui mesmo no Brasil.

Poer da GWM vai entrar forte na briga das picapes com seu motor híbrido- Foto: Divulgação
Poer da GWM vai entrar forte na briga das picapes com seu motor híbrido- Foto: Divulgação

Poer da GWM chega no primeiro semestre de 2024

É o que revelou esta semana o CCO da empresa Oswaldo Ramos em uma live no Youtube. A transmissão era para mostrar o estado do Haval H6 após 50 mil km rodados em solo nacional.

Segundo Ramos, a Poer deve estar disponível no mercado nacional já no primeiro semestre de 2024.

Para isso, a marca está trabalhando para abrir uma concessionária em Campo Grande (MS), onde segundo o CCO, há um público potencial para a picape.

“vai começar a atender no primeiro semestre de 2024, antes do lançamento da picape no país”, disse sobre a concessionária. 

A informação destoa do que foi levantado nos últimos meses, de que o Haval H6 seria o primeiro produto da fábrica de Iracemápolis SP, prevista para iniciar em maio do ano que vem. 

Ocorre que a montadora usa a mesma plataforma para os dois veículos, assim pode se esperar também pela nacionalização do SUV em breve.

GWM Poer chinesa - Foto: Divulgação
GWM Poer chinesa – Foto: Divulgação

Mas com tantas especulações, a GWM pode deixar para segundo plano a produção nacional do Haval e se concentrar na briga com a Toyota Hilux, Ford Ranger, Silverado e companhia.

A GWM Poer

Possivelmente, a marca chinesa deve produzir uma versão própria para o mercado nacional, com um visual atualizado justamente para atender as preferências de picapes médias do brasileiro. 

A principal característica dessa picape é seu conjunto híbrido plug in, o que permite o carregamento do motor elétrico que auxilia o motor a combustão será um 2.0 de quatro cilindros turbo flex.

A potência combinada do sistema projetado para oferecer máxima eficiência térmica será de incríveis 408 cv, com torque de 76,5 kgfm. 

A título de comparação, é o dobro da potência que entrega uma Hilux cabine dupla —204 cv e torque de 42,8 kgf.m.

Se for o mesmo modelo vendido na China, as dimensões são 5.410 mm de comprimento, 1.886 mm de altura, 1.934 mm de largura e 3.230 mm de entre-eixos. 

É ligeiramente maior que a picape da Toyota, com seus 5.325 mm de comprimento, 1.825 de largura e 1.795 de altura.

Também conta com vários itens de série voltados para segurança e tecnologia embarcada, como teto solar elétrico, bancos de couro com aquecimento, assistente de partida em rampas, volante multifuncional, entre outros. 

Maior, mais potente e mais econômica que as possíveis rivais, além de ser recheada de recursos tecnológicos.

Ainda não sabemos o preço dessa belezinha e nem sua média de consumo, mas com essas características, o brasileiro não vai pensar duas vezes em comprar uma Poer.

 

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar