Películas automotivas: para que serve e quais são permitidas por lei?

Conheça as vantagens da película automotiva

Hoje, muitos carros aderem ao uso de películas automotivas, seja por questões de estética, privacidade ou segurança, seja para saúde e em casos de acidentes. Mas você sabe quais são as características permitidas perante a lei? Confira.

Conheça as vantagens da película automotiva
Conheça as vantagens da película automotiva e as regras para aplicá-la (Foto: Espaço Insulfilm)

Entenda quais são as vantagens da película automotiva

As películas automotivas são conhecidas por gerar um apelo estético ao veículo como um todo. Porém, a sua função vai muito além de atribuir novas características ao veículo.

Além de servir como atributo de beleza, a película serve para inibir até 99% das entradas de raios ultravioleta dentro do veículo, o que garante maior segurança a saúde de todos os ocupantes. Ainda nesse tópico, o uso da película também pode contribuir para amenizar o aumento da temperatura dentro do veículo, o que diminui o uso do ar-condicionado o que acarreta também na economia do combustível.

VEJA TAMBÉM

Além disso, a película automotiva também é uma ótima auxiliadora em casos de acidentes que envolvam as janelas. Dessa forma, aumenta a resistência dos vidros em geral e diminui a probabilidade de estilhaços. O que garante uma segurança maior tanto para os ocupantes, quanto para as pessoas ao redor, como os pedestres e demais condutores.

Por fim, elas são itens que garantem mais privacidade aos ocupantes no interior do veículo. O que também diminui os riscos de roubos e furtos. Sobre esse tópico, ela também pode diminuir as chances de arrombamentos, já que garantem maior resistência aos vidros do carro com um todo.

Conheça as vantagens da película automotiva
Para aplicar a película automotiva de forma correta, é preciso respeitar o percentual de visibilidade estipulado por lei (Foto: Doutor Multas)

Veja também: Tudo sobre o VW Gol 2022, um dos carros mais econômicos do Brasil!

As regras para aplicação de películas

No entanto, muitos condutores não seguem as normas do CTB e aplicam nos vidros películas que não respeitam a porcentagem de visibilidade previstas em lei, confira.

Segundo o art. 111 do Código de Trânsito Brasileiro, o CTB, é proibido instalar películas automotivas que comprometam a segurança e visibilidade do condutor. Além disso, o Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, através da Resolução 254/2007 apresenta os percentuais permitidos para cada vidro, veja:

Percentual de transparência de película automotiva de acordo com o Contran:

Para-brisas: a transparência mínima é de 75%;

Vidros laterais dianteiros: a transparência mínima é de 70%;

Outros vidros do carro: transparência mínima de 28%.

Usar película fora das normas gera multa e cinco pontos na CNH

Ainda segundo o CTB, no art. 230 diz que o uso da película fora dos padrões permitidos é por lei é considerado infração grave. Dessa forma o condutor recebe cinco pontos na CNH e recebe multa de R$ 195,23.

Além disso, é importante informar que, em casos em que o carro for parado por agentes de trânsito e o mesmo solicitar a retirada da película e o condutor se negar, o carro pode ser apreendido.

Conheça as vantagens da película automotiva
A aplicação de forma incorreta da película é considerada infração grave. A multa é de R4 195,23 mais cinco pontos na CNH (Foto: Doutor Multas)

 

Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe. Atualmente dedica-se à redação do portal Garagem 360, produzindo notícias, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar