Opinião: Quinto título de Lewis Hamilton salva um GP do México morno

Notícias 29 de outubro de 2018 Leo Alves 0

O GP do México não teve grandes emoções, mas consagrou Lewis Hamilton como o campeão mundial de 2018. Vivendo sua melhor fase da carreira, o inglês chegou ao quinto título, se igualou a Juan Manuel Fangio e agora só Michael Schumacher, com sete taças, tem mais conquistas que o piloto da Mercedes. Mesmo ficando fora do pódio, o quarto lugar foi o suficiente para encerrar a fatura deste ano.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

GP do México: como foi

A corrida foi dominada por Max Verstappen, que assumiu a ponta após uma boa largada e não foi ameaçado durante o restante da prova. Daniel Ricciardo, seu companheiro e pole position, não teve uma boa largada e caiu para terceiro. No final da corrida, quando era segundo, teve problemas e precisou abandonar. Com isto, Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen ocupando as outras duas posições no pódio, nesta ordem.

O triunfo de Verstappen era previsto, já que o jovem holandês dominou todos os treinos e perdeu a pole por detalhes. A pista mexicana casa bem com os carros da Red Bull, tanto que a equipe e o piloto já haviam vencido em 2017. Já a Mercedes bateu cabeça durante todo o final de semana. Os bólidos prateados não se entenderam nem com o asfalto do circuito e o motor sofria com o ar rarefeito da altitude mexicana.

A Ferrari, por sua vez, até tentou acompanhar o ritmo dos carros rubro-taurinos, mas também não foi páreo. Vettel, mesmo terminando em segundo, não escondia a frustração após o GP. Desolado após perder novamente o campeonato, o alemão cumprimentou Hamilton e fez questão de ir até o box da Mercedes para saudar os engenheiros do time.

Consagração de Hamilton

Se tem alguém que pode se igualar a Schumacher – e talvez até superá-lo, é Lewis Hamilton. Aos 33 anos, o inglês ainda tem muita lenha para queimar. Como o regulamento não terá grandes mudanças até 2020, a Mercedes deve continuar competitiva. Com o quinto título, o piloto soma até aqui 81 poles (recorde absoluto), 71 vitórias e 132 pódios. Michael Schumacher tem sete títulos, 68 poles, 91 vitórias e 155 pódios. Se antes pareciam números inalcançáveis, com o domínio de Hamilton, agora eles não parecem tão distantes.

LEIA MAIS: ABBA, funerária e chinelo: relembre patrocínios bizarros da Fórmula 1

Agora fabricada na Argentina, Nissan Frontier 2019 ganha novas versões

Pentacampeão, Lewis teve uma temporada soberana. A Ferrari até começou melhor o campeonato, mas após o GP da Alemanha, a equipe vermelha não conseguiu mais acompanhar o ritmo do britânico. No fim, o que parecia uma disputa acirrada se transformou em um título relativamente fácil para o número 44.

Construtores

Apesar do título para pilotos estar decidido, o de construtores segue em aberto. A Mercedes é franca favorita, já que lidera com 585 pontos contra 530 da Ferrari. Ainda restam 86 tentos em disputa, mas a equipe italiana não depende apenas de seus esforços. De qualquer maneira, ambas vão disputar a taça nessas duas próximas etapas – no Brasil e em Abu Dhabi.

GP do México

Abaixo, confira como ficou a classificação do GP do México.

Reprodução/F1.com
Classificação oficial do GP do México 2018 |Reprodução/F1.com
Classificação oficial do GP do México 2018