Motos mais valorizadas para revender; veja lista

Motos mais valorizadas para revender
A Honda PCX 150 está entre as motos mais valorizadas para revender (Foto: Divulgação/BMW)

Um mercado que sempre se destacou aqui no Brasil foi o de motos. Ao andar pelas ruas, podemos notar a presença de vários tipos de motocicletas. Desde as mais simples até as mais completas. Sem falar que são bastante práticas para fazer entregas. E alguns modelos se destacam também por valorizarem bem na hora da revenda. Ou seja, estão valorizadas. Veja aqui uma pequena lista com as motos mais valorizadas para revender.

Quer saber mais? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais notícias, vídeos, comparativos e testes automotivos que te levam ao melhor negócio automotivo clicando aqui.

Motos mais valorizadas para revender
Honda CG 160 (Foto: Divulgação/Honda)

Motos mais valorizadas para revender; veja lista

Para montar esta lista, levamos em conta os dados da 6ª edição do Selo Maior Valor de Revenda – Motos. Este certificado foi entregue pela Agência Autoinforme. Lembrando que o mercado de motos fechou o último ano em alta. De acordo com dados da Fenabrave, foram vendidas 1.157.369 unidades durante o ano. Ou seja, um crescimento de 26,42% com relação ao número acumulado de vendas em 2020. Dito isso, veja abaixo as motos que mais valorizam na hora de vender.

Motos mais valorizadas para revender / 1 – Honda CG 160

Honda CG 160 (Foto: Divulgação/Honda)

E quem lidera esta lista é uma moto bastante popular no mercado brasileiro. A Honda CG 160 foi a grande vencedora do prêmio Selo Maior Valor de Revenda. Após um ano de uso, esta moto da categoria City valoriza 11,8%. O modelo da Honda se destaca também pelo bom custo-benefício. Custando a partir de R$ 11.570,  a CG 160 2022 traz um painel digital, partida elétrica e outros itens.

Sem falar que estamos falando da motocicleta mais vendida do País. De acordo com a Fenabrave, ela teve impressionanetes 315.141 unidades emplacadas. A moto traz um motor de 162,7 cc, do tipo OHC, monocilíndrico, quatro tempos, arrefecido a ar e com injeção eletrôncia PGM FI. Ele pode gear uma potência máxima de 14,9 cv e um torque máximo de 1,40 kgfm.

2 – Honda Pop 110i

Motos mais valorizadas para revender
Honda Pop 110i (Foto: Divulgação/Honda)

Na segunda posição temos outo modelo da Honda. No etanto, estamos falando da Pop 110i. Esta CUB pode ser útil para quem acabou de tirar a habilitação e busca um modelo 0km barato. Ela custa a partir de R$ 7.850. Este simpático modelo traz um visual bastante chamativo e traz de série um banco com textura exclusiva. Outro ponto positivo é que ela valoriza 9,6% após um ano de uso.

A Pop 110i teve 105.899 unidades vendidas no ano passado. Ela usa um motor de 109,1 cc, do tipo OHC, monocilíndrico, quatro tempos, arrefecido a ar e com injeção eletrônica PGM-FI. Sua potência máxima é de 7,9 cv. Já o torque máximo é de 0,90 kgfm. A transmissão é de quatro velocidades.

3 – BMW G 310 GS

Motos mais valorizadas para revender
BMW G 310 GS (Foto: Divulgação/BMW)

Quem fecho o pódio das motos mais valorizadas para revender é uma alemã. A BMW G 310 GS passou por alterações importantes durante o ano de 2021. Seu conjunto óptico, por exemplo, é todo formado de LED. Ela também ganhou manetes de freio e manetes da embreagem. Esta moto é uma das mais acessíveis da montadora alemã. Ela tem preço sugerido de R$ 36.900.

Segundo a Autoinforme, a moto valoriza 8,3% após um ano de uso. O modelo da BMW traz um motor de 313 cc, monocilíndrico, quatro tempos com refrigeração líquida, quatro válvulas por cilindro e sistema eletrônico de injeção de combustível BMS-E2. Este motor entrega uma potência máxima de 34 cv e um torque de 28 Nm.

4 – Honda PCX 150

Honda PCX 150 (Foto: Divulgação/Honda)

Por fim, mais uma scooter/CUB da Honda. Assim como a Pop 110i, a PCX 150 é outra moto bastante acessível. Ela custa a partir de R$ 16.010. Outro ponto positivo é que esta moto traz um bom pacote de equipamentos. Destaque para o sistema de iluminação em LED. um painel 100% digital, sistema Smart Key, Tomada 12V, o sistema Idling Stop e entre outros. Seu valor valoriza 8,2% após um ano.

Aproveite e veja também: Renault Sandero 2022 tem preços acessíveis com visual modernizado

A Honda PCX 150 está equipado com um motor de 149,3 cc, OHC, monocilíndrico, quatro tempos, arrefecido a líquido e com injeção eletrônica de PGM-FI. Ele pode produzir uma potência máxima de 13,2 cv e um torque máximo de 1,38 kgfm. A sua transmissão é uma automática do tipo V-MATIC.

Quer saber mais? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais notícias, vídeos, comparativos e testes automotivos que te levam ao melhor negócio automotivo clicando aqui.

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar