Mercedes-Benz GLB é um SUV com 7 lugares de luxo; veja os detalhes

O Mercedes-Benz GLB tem capacidade para sete pessoas (Foto: Divulgação/Mercedes Benz)

Na escala de SUVs da Mercedes-Benz, o normal seria que o GLB viesse após o GLA. Porém, o carro,  que foi teve sua apresentação oficial em outubro de 2020, custa menos que seu “irmão”. Além disso, é um dos aventureiros de luxo com sete lugares mais baratos do mercado e aposta na novas tecnologia para vencer seus principais rivais.

Mercedes-Benz GLB

Um carro que chegou para bagunçar o segmento dos SUVs médios premium. O GLB foi construído sob a plataforma MFA2 (Modular Front Architecture), a mesma usada para a construção do Classe A, Classe A Sedan e GLA. Diga-se de passagem, o último passou recentemente por uma grande mudança no visual e o deixou mais caro.

O Mercedes GLB possui duas configurações de acabamento. A versão Advance está custando a partir de R$ 264.900. Já a top de linha, a Progressive, está saindo por R$ 290.900. Ainda é possível encontrar algumas unidade da Launch Edition.

Foto: Divulgação/Mercedes Benz

 

Ambas as versões trazem o motor 1.3 turbo de quatro cilindros em linha debaixo do capô. Ele é capaz de produzir 163 cv a 5,500 rpm e 250 Nm a 1.620-4.000 rpm. De acordo com a marca, ele pode acelerar de 0 a 100 km/h em 9.1 segundos e atinge a velocidade máxima de 207 km/h.

Sua transmissão é a 7G-T de dupla embreagem, com sete velocidades. Sem contar que para quem gosta de conduzir usando o modo manual, o modelo Advance já traz paddle-shifts.

Com a terceira fila de banco em utilização, o carro pode levar 130 litros no porta-malas. Entretanto, no momento em que os bancos são rebatidos, a história muda e a capacidade aumenta para 500 litros. Comparado a BWM X1 e o Audi Q3, por exemplo, ele fica na terceira posição. Sem contar que é a aí que mais uma das vantagens para cima do GLA entram em campo, visto que ele pode levar apenas 435 litros.

Conforto

Um dos seus destaques é a qualidade de vida dos ocupantes na cabine. Sua distância entre-eixos é de 2.829 mm e traz itens com acabamento de de madeira. Pensando em itens de série, a versão mais em conta traz ar-condicionado Thermatic, bancos Confort, volante multifuncional e tapetes de veludo.

Foto: Divulgação/Mercedes Benz

Já a mais cara adiciona o apoio de braço traseiro, encostos rebaixados dos bancos traseiros, porta-copos, volante multifuncional em couro e teto solar elétrico panorâmico.

Foto: Divulgação/Mercedes Benz

Ambas trazem o cockpit digital de de 10 polegadas e central multimídia com o sistema MBUX. Para quem não consegue ficar longe do smartphone, você pode emparelhar o seu aparelho por meio do Android Auto e do Apple CarPlay, além do carregador wireless para recarregá-lo.

Segurança

A fabricante alemã também pensou na segurança dos passageiros e nas facilidades que o motorista precisa na hora de conduzir. O carro traz AMG Dynamic Select, assistente de estacionamento PARKTRONIC, assistente ativo de frenagem, faróis de neblina dianteiros, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, assistente ativo de distância DISTRONIC, câmera de ré, Pacote de estacionamento (exclusivo na Progressive), pacote iluminação e visibilidade e sistema PRE-SAFE (exclusivo na Progressive).

 

 

Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde abril de 2021. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
Veja mais ›
Fechar