Mercedes-AMG celebra 55 anos com alto desempenho e modelo elétrico

Mercedes-AMG EQS 53 4MATIC+ (Foto: Divulgação)
Mercedes-AMG EQS 53 +4MATIC (Foto: Divulgação)

Neste mês de junho, a Mercedes-AMG, marca de alto desempenho da Mercedes-Benz, celebra 55 anos. Seus fundadores, Hans Werner Aufrecht e Erhard Melcher, buscavam o máximo desempenho e perfeição quando lançaram a pedra fundamental da empresa, no dia 1º de junho de 1967, e esses continuam sendo os objetivos declarados da marca atualmente.

Responsável pela produção de alguns motores a combustão mais potentes do mercado, a Mercedes-AMG tem desenvolvido, nos últimos anos, novidades relacionadas à eletrificação automotiva. Recentemente, a empresa confirmou a chegada de seu segundo modelo elétrico ao País. 

A partir da primeira semana de julho, as primeiras unidades iniciais do aguardado Mercedes-AMG EQS 53 4MATIC+ começam a desembarcar nas concessionárias da Mercedes-Benz no território nacional.

VEJA TAMBÉM

Veja também: Mercedes-AMG EQS 53 chega com 658 cv e 580 km de autonomia

Conheça a história da Mercedes-AMG

Modelos icônicos da marca (Foto: Divulgação/Mercedes-AMG)

A história da AMG tem início com dois engenheiros da Daimler-Benz. Hans Werner Aufrecht e Erhard Melcher trabalhavam na companhia nos anos 60 e foram responsáveis por preparar o motor de competição para o emblemático 300 SE – até a companhia suspender suas atividades de automobilismo. 

Com isso, os jovens decidiram tornar-se independentes, fundando seu próprio Centro de Engenharia. Enquanto Aufrecht era um apaixonado por automobilismo, Melcher era conhecido por sua genialidade na área do desenvolvimento de motores.

Em junho de 1967, a AMG iniciou suas atividades em uma garagem na cidade alemã de Burgstall, permanecendo ali até 1976, quando se mudou para Affalterbach, na região de Stuttgart. A sigla que dá nome à marca é composta pelas iniciais dos fundadores, Aufrecht e Melcher, sendo o “G” para Großaspach – local de nascimento de Aufrecht.

Momentos marcantes da Mercedes-AMG

Mercedes-AMG SLC 450 (Foto: Divulgação/Mercedes-AMG)

Com o passar dos anos, a AMG marcou seu momentos na história da indústria automotiva mundial. Entre eles está o desenvolvimento do Mercedes 300 SEL 6.8, veículo mais potente dos anos 70, com motor V8 de 428 cv, algo incomparável para a época.

Na década seguinte, o AMG 450 SLC Racing Coupé venceu Grande Prêmio de Nürburgring. Essa vitória impulsionou os negócios da AMG, uma vez que diversos proprietários de coupés de rua passaram a buscar mais potência por meio dos projetos oferecidos pela preparadora alemã.

Desde então, a AMG tem crescido, equipando cada vez mais veículos Mercedes-Benz, tornando a personalização um novo campo de negócios. Assim, em 1990, a Mercedes-Benz AG assinou um contrato de cooperação nos projetos esportivos. Mais tarde, em 1999, a Daimler Chrysler AG se tornou a proprietária majoritária e, em 2005, a acionista única da AMG.

Nos anos seguintes, a fusão da Mercedes-Benz e da AMG proporcionou conquistas ainda maiores. O C 36 AMG foi o primeiro best-seller da marca, com 5 mil unidades vendidas. 

O Mercedes-Benz SLS AMG foi o primeiro automóvel inteiramente desenvolvido pela Mercedes-AMG. Sua performance, aliada ao design inovador, que inclui as portas “asas de gaivota”, são lembrados pelos fãs da marca até hoje.

Atualmente, toda a família de modelos AMG GT (duas e quatro portas) fazem parte da segunda geração de automóveis desenvolvidos inteiramente pela marca de alta performance.

O C 36 AMG foi o primeiro best-seller da marca (Foto: Diculgação/Mercedes-AMG)

A Mercedes-AMG hoje

Em 2022, a linha Mercedes-AMG é uma das mais variadas do mercado internacional, criada para atender aos mais diversos desejos e necessidades dos clientes que estão em busca de alta performance. 

A gama abrange mais de 50 versões – 12 delas estão disponíveis no Brasil. São produtos de alto desempenho com potências que começam em 306 cv (Mercedes-AMG 35 4MATIC) e atingem até 639 cv (Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+ 4-doors Coupé). O portfólio oferece sedans, coupés e SUVs, bem como roadsters e o Mercedes-AMG GT.

Com raízes no automobilismo, a marca Mercedes-AMG está presente nas pistas há cinco décadas.

A marca também está representada na Fórmula 1 desde a temporada de 2012 pela equipe Mercedes-AMG Petronas e pela fabricante de motores e tecnologia Mercedes-AMG High Performance Powertrains. Além disso, a AMG também fornece o Safety Car de Fórmula 1 e o Carro Médico de Fórmula 1 desde 1996.

E essa conexão com o universo do automobilismo ficou ainda mais forte neste ano, com a chegada das primeiras unidades do hiperesportivo Mercedes-AMG ONE, utilizando um conjunto mecânico original dos modelos da equipe de F1 nos últimos anos, com mais de 1.000 cv.

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Silveira
Paulo SilveiraJornalista com 20 anos de experiência profissional como repórter nas principais redações de jornais do Brasil, como Gazeta Mercantil, Folha SP, Estadão e Jornal do Brasil e em cargos de coordenação, edição e direção. Formado em Jornalismo pela Caśper Líbero.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar