Tags

Serviços

Manutenção dos componentes pode prolongar a vida do carro

Créditos: SXC.HU
25 dezembro, 2016
Rodrigo Loureiro

Não é preciso esperar até que sua próxima revisão esteja agendada para levar seu veículo para verificar um possível problema. Fazer a manutenção dos componentes ajuda a evitar que eles se deteriorem prematuramente. Especialistas indicam que os pneus, a embreagem e o freio devem ser olhados com cautela e o carro levado diretamente para a oficina em caso de alguma irregularidade.

Leandro Vanni, engenheiro automotivo e supervisor de serviços do Grupo DPaschoal, aconselha que o sistema de frenagem passe por uma revisão geral semestralmente ou a cada dez mil quilômetros. “Não adianta fazer a troca apenas das pastilhas ou do disco, é preciso verificar todo o sistema de freio, já que é um conjunto de componentes que realiza a frenagem”, lembra.

Caso o condutor sinta que o carro está demorando mais para realizar a parada, a dica do profissional é procurar uma oficina de confiança. Ele ainda aconselha a nunca completar o fluído de freio, mas sempre trocá-lo quando houver impurezas acumuladas, e verificar se o freio de mão precisa ser erguido cada vez mais alto para segurar o carro. Em caso positivo, é preciso checar se há algum problema.

LEIA MAIS: Não erre na escolha da oficina

Já a embreagem, se utilizada corretamente, pode durar de 80 a 100 mil quilômetros, segundo o engenheiro mecânico Fernando Satkunas. Conselheiro sênior da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (SAE Brasil), ele indica que a manutenção seja feita quando houver alguma irregularidade com o automóvel. “Se o motorista sentir que o câmbio está ‘arranhando’ na hora de trocar as marchas, mesmo com o pedal da embreagem pressionado, é hora de procurar uma oficina especializada”, afirma.

Pneus
Quando o assunto é pneu, Satkunas aconselha o motorista a sempre procurar por pedaços de metal que podem estar presos na borracha. Se achar, é melhor retirar para não furar ou estourar o pneu. Para Alexandre Moro, piloto de testes da Pirelli, não há segredo. “Não adianta limpar ou lavar os pneus. Isso não interfere nada na durabilidade. O melhor a fazer é sempre realizar a revisão preventiva do carro, o rodízio e o alinhamento da geometria da suspensão a cada dez mil quilômetros”.

Pneus necessitam de manutenção e de checagem para não estourarem no meio da condução Divulgação/Sxc.hu)
Pneu exige manutenção para não estourar durante a condução (Foto: Sxc.hu)
Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.