Isso é quanto um entregador do Ifood ganha por 8 horas de trabalho em SP

De acordo com a plataforma, um entregador ifood pode ganhar em média R$ 23 por hora trabalhada. Se trabalhar 8 horas por dia, a média de ganhos é de R$ 184 (bruto). No entanto, esse valor pode mudar conforme ociosidade, fluxo de entregas, entre outros fatores.

entregador
Entregador ifodd pode ganhar mais de R$ 3 mil por mês – Foto: Freepik

Entregador ifood pode ganhar mais de R$ 3 mil por mês

Para chegar a este valor de R$ 23 a hora, o ifood usou como base uma pesquisa divulgada pelo Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) de abril de 2023. 

Essa pesquisa, intitulada “Mobilidade urbana e logística de entregas: um panorama sobre o trabalho de motoristas e entregadores com aplicativos”, também estimou os ganhos mensais dos entregadores, levando em consideração os custos médios declarados por eles.

VEJA TAMBÉM

Considerado uma jornada média de 20 horas por semana, a remuneração líquida mensal varia entre R$ 807 a R$ 1.325.

O primeiro valor considera 30% de tempo ocioso, que é o tempo que o app fica ligado, mas não há corridas. Já o segundo, de R$ 1.325 refere-se ao mesmo período sem ociosidade. 

No entanto, se considerarmos uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, o mais próximo da jornada definida pela CLT (Consolidação das Leis de Trabalho, os ganhos líquidos dos entregadores variam de R$ 1.980 (30% de ociosidade) a R$ 3.039 (zero de ociosidade). 

O ifood ressalta que essa jornada que se assemelha mais à dos trabalhadores com carteira assinada. Nela, a renda mensal dos entregadores fica acima do salário mínimo (R$ 1.212 quando a pesquisa foi realizada).

Além disso, a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) revela que os ganhos dos entregadores por meio dos aplicativos tendem a ser maiores do que a média salarial de trabalhadores com a mesma escolaridade – R$ 1.812 – para aqueles com ensino médio completo. 

De acordo com a pesquisa, 70% dos entregadores afirmam receber entre 1 e 3 salários mínimos. Ou seja, entre R$ R$ 1.212 e R$ 3.636 em 2022.

entregador ifood
Média aumenta se entregador faz freelancers diretamente para os estabelecimentos. Foto: Bloomberg

Ganhos aumentam com freelancers

Gabriel Rodrigues, 27, é entregador do ifood em Brasília, mas também faz um freelancer em um restaurante no bairro do Guará. Lá, recebe R$ 60 a diária de seis horas, das 11:00 as 15:00 mais adicional por entrega que varia entre R$ 4 a R$ 10, dependendo da distância. Diariamente, recebe a média de R$ 130,00. 

A noite, roda mais mais de 6 horas de entregas pelo ifood, entre às 18:00 as 23:30. Assim, os ganhos chegam próximo aos R$ 300 por dia.

Como trabalha 6 dias por semana, em um mês, a remuneração líquida de Gabriel supera os R$ 5 mil. No entanto, ele trabalha pouco mais de 11 horas diárias. 

“Trabalhando direitinho, dá pra tirar mais de 6 mil por mês, mas tem que pagar gasolina, seguro, taxa do MEI (Micro Empreendedor Individual) e outras coisas. Sorte é que de manhã me dão almoço”, ressalta o entregador. 

Quanto à moto, uma CG 160 Titan 2021, Gabriel afirma que nunca deu problema e que só troca o óleo e tem cuidado para não forçar muito.

Aproveite e confira: Uber One vale a pena? Você precisa saber disso antes de assinar

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar