Honda CR-V 2021: veja o SUV médio que tenta brigar com Compass e Tiguan

O Honda CR-V 2021 utiliza um motor 1.5 turbo e seu preço sugerido é de R$ 248.800 (Foto: Divulgação/Honda Brasil)

A vida do Honda CR-V 2021 não parece tão fácil assim. Apesar de ser vendido por aqui desde meados dos anos 90, o carro está situado em uma categoria bastante disputada e com rivais de peso. De um lado, está um dos veículos da Volkswagen mais comercializados em todo o mundo (Volkswagen Tiguan). Do outro, o 12º automóvel mais vendido do Brasil (Jeep Compass).

Honda CR-V 2021

Atualmente, o carro japonês está na quinta geração. Lançada em 2018, ele trouxe mudanças estéticas na dianteira e na traseira. Porém, o estilo imponente e todo o seu luxo interno foi mantido.

Na linha 2021, o Honda CR-V está sendo oferecido com apenas na versão Touring 4×4. Seu preço sugerido é de R$ 248.800. Um pouco mais caro que o alemão (R$ 229.150) e que a versão top de linha do norte-americano (R$ 236.016).

Foto: Divulgação/Honda Brasil

Comparado a seus concorrentes, o modelo é o mais alto e possui um bom espaço interno. O modelo tem 4591 mm de comprimento, 1855 mm de largura e 1667 mm de altura. Sua distância entre-eixos é de 2660 mm.  Já o seu porta-malas de 522 litros só perde para o bagageiro do VW Tiguan Allspace (versão para cinco passageiros).

O motor 1.5l turbo 16v DOHC Duplo VTC com injeção direta tem potência máxima de 190 cv 5.600 rpm e 24.5 kgfm a 2.000 rpm de torque. Com ele, a velocidade máxima do CR-V é de 201 km/h e acelera de 0-100 em 10,1 segundos.

Foto: Divulgação/Honda Brasil

A transmissão CVT de sete velocidades é a mesma utilizada em outros veículos da montadora. Aqueles que gostam de usar o modo manual podem usar as borboletas (paddle-shifts) para fazer as trocas de marcha.

Equipamentos de série

Uma das vantagens dos carros japoneses em geral é que eles apresentam bastante itens de segurança. O Honda CR-V conta com seis airbags, luzes de rodagem diurna, freios ABS com EBD, assistente de tração e estabilidade, assistente de partidas em aclive, Head-up Display, drive-by-wire e sensores de estacionamento (dianteiro e traseiro).

Por dentro, o comprador poderá encontrar diversos equipamentos que podem tornar a viagem mais interessante. Dentre eles, podemos destacar a central multimídia com tela touchscreem sete polegadas, com navegador GPS e câmera de ré.

Foto: Divulgação/Honda Brasil

Sem falar que é por meio dela que o condutor tem acesso ao LaneWatch. Com uma câmera localizada no retrovisor, seu principal objetivo é reduzir os pontos cegos.

Além disso, o carro traz chave inteligente com sensor de presença, ar-condicionado digital DualZone, Bluetooth, bancos com ajustes elétricos para motorista, bancos de couro e botão Start&Stop, apoio para braço com porta objetos, teto solar, volante multifuncional e entre outros.

 

 

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde abril de 2021. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar