Tags

Álbum

Guia de compra 0km: veja qual subcompacto tem o melhor custo-benefício

Créditos: Divulgação/Renault

Atualmente, o mercado automotivo tem convivido com constantes mudanças nos preços dos carros zero quilometro. Com isso, foi-se o tempo que era possível comprar um automóvel de entrada por menos de R$ 30 mil. Em novembro de 2020, quem quiser adquirir um veículo novo precisa desembolsar quase R$ 40 mil. Se quiser o mínimo de itens de conforto, essa cifra encosta (ou ultrapassa) a casa dos R$ 50 mil. Por isso é importante compreender quais são os valores pedidos pelas marcas e o que os carros oferecem. Dessa forma, mesmo com a alta dos valores, o consumidor tem a certeza de que está levando para casa mais equipamentos pelo menor preço possível.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Para tentar facilitar a vida do consumidor brasileiro, o Garagem360 idealizou este guia de compras por categoria. Os subcompactos, menores veículos em tamanho e preço, inauguram a série. A seguir, veja um raio-x de todas as versões atuais de Fiat Mobi, Renault Kwid e Volkswagen Up. Logo abaixo estará o nosso veredito de qual deles entrega o melhor custo-benefício e por qual razão.

Guia de compra 0KM: subcompactos

Fiat Mobi

Motor: 1.0 8V Fire Evo de 75 cv/73 cv (etanol/gasolina) a 6.250 rpm e torque máximo de 9,9 kgfm/9,5 kgfm (etanol/gasolina) a 3.850 rpm (todas as versões)

Consumo: Ciclo urbano: 9,5 km/l / 13,7 km/l (etanol/gasolina) / ciclo estrada: 10,5 km/l / 15,1 km/l (etanol/gasolina)

Transmissão: manual de cinco marchas

Fiat Mobi Easy – R$ 38.990

Principais itens de série:

  • Follow me home (faróis ficam ligados durante um tempo);
  • Espelho nos para-sóis;
  • Quadro de instrumentos com display digital de 3,5 polegadas.

Fiat Mobi Like – R$ 46.490

Principais itens de série (além dos que já equipam as versões anteriores):

  • Direção Hidráulica;
  • Ar-condicionado;
  • Computador de bordo;
  • Vidros elétricos dianteiros;
  • Limpador, lavador e desembaçador traseiro.

Opcionais:

  • Pack Fit In (R$ 420): Volante com regulagem de altura, cintos de segurança com regulagem de altura e comando interno para abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível;
  • Pack Multimídia (R$ 2.800): Central multimídia de sete polegadas com Apple CarPlay e Android Auto sem fio, entrada USB, volante multifuncional e pré-disposição para rádio com quatro alto-falantes e 2 tweeters;

Fiat Mobi Trekking – R$ 47.390

Principais itens de série (além dos que já equipam as versões anteriores):

  • Direção Hidráulica;
  • Ar-condicionado;
  • Computador de bordo;
  • Vidros elétricos dianteiros;
  • Limpador, lavador e desembaçador traseiro;
  • Altura elevada.

Opcionais:

  • Pack Multimídia (R$ 2.800): Central multimídia de sete polegadas com Apple CarPlay e Android Auto sem fio, entrada USB, volante multifuncional e pré-disposição para rádio com quatro alto-falantes e 2 tweeters;
  • Pack One (R$ 1.150): Volante e cintos dianteiros com regulagem de altura, comando interno para abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível, sensor de estacionamento traseiro, quadro de instrumentos com medidor de temperatura externa e retrovisores externos elétricos com seta e tilt-down;
  • Pack Style (R$ 1.650): rodas de liga leve 14 polegadas e faróis de neblina.

Renault Kwid

Motor: 1.0 SCe 12V de 70 cv/66 cv (etanol/gasolina) a 5.500 rpm e torque máximo de 9,8 kgfm/9,4 kgfm (etanol/gasolina) a 4.250 rpm (todas as versões)

Consumo: Ciclo urbano: 10,3 km/l / 14,9 km/l (etanol/gasolina) / ciclo estrada: 10,8 km/l / 15,6 km/l (etanol/gasolina)

Transmissão: manual de cinco marchas

Renault Kwid Life – R$ 39.390

Principais itens de série

  • Quatro airbags;
  • Abertura interna do porta-malas;
  • Alerta sonoro e visual do uso de cinto de segurança do motorista e passageiro.

Renault Kwid Zen – R$ 46.990

Principais itens de série (além dos que já equipam as versões anteriores):

  • Direção elétrica;
  • Ar-condicionado;
  • Rádio com Bluetooth, USB e entrada auxiliar;
  • Vidros elétricos dianteiros.

Renault Kwid Intense – R$ 48.990 – melhor custo-benefício*

Principais itens de série (além dos que já equipam as versões anteriores):

  • Computador de bordo;
  • Media Evolution com tela de sete polegadas e compatível com Android Auto e Apple CarPlay;
  • Faróis de neblina;
  • Câmera de ré;
  • Retrovisores elétricos;
  • Rodas Flexwheel de 14 polegadas (roda de aço + calota que lembra uma roda de liga leve);
  • Computador de bordo.

Renault Kwid Outsider – R$ 50.390

Principais itens de série (além dos que já equipam as versões anteriores):

  • Acabamento interno com detalhes em laranja;
  • Rack de teto;
  • Adesivos com o nome da versão na lateral do carro.

Volkswagen Up

Motor: 1.0 12V MPI de 82 cv/75 cv (etanol/gasolina) a 6.250 rpm e torque máximo de 10,4 kgfm/9,7 kgfm (etanol/gasolina) a 3 mil rpm

Consumo: Ciclo urbano: 9,6 km/l / 14,2 km/l (etanol/gasolina) / ciclo estrada: 10,6 km/l / 15,3 km/l (etanol/gasolina)

Transmissão: manual de cinco marchas

Motor: 1.0 12V TSI (turbo) de 105 cv/101 cv (etanol/gasolina) a 5 mil rpm e torque máximo de 16,8 kgfm (etanol/gasolina) a 1.500 rpm

Consumo: Ciclo urbano: 10 km/l / 14,3 km/l (etanol/gasolina) / ciclo estrada: 11,5 km/l / 16,3 km/l (etanol/gasolina)

Transmissão: manual de cinco marchas

Volkswagen Up MPI – R$ 51.590

Principais itens de série

  • Direção elétrica;
  • Ar-condicionado;
  • Vidros elétricos dianteiros;
  • Retrovisores elétricos;
  • Coluna de direção com ajuste de altura;
  • Banco do motorista com ajuste de altura;
  • Limpador, lavador e desembaçador traseiro;
  • Rádio com Bluetooth e entradas USB e auxiliar;
  • DRL – luzes de rodagem diurna;
  • Volante multifuncional.

Volkswagen Up Connect 170 TSI – R$ 57.090

Principais itens de série (além dos que já equipam as versões anteriores):

  • Controle de tração;
  • Quatro alto-falantes e dois tweeters;
  • Faróis de neblina;
  • Rodas de liga leve de 15 polegadas;
  • Sistema de som Composition Phone com suporte para celular.

Veredito

Líder do segmento, o Renault Kwid foi o subcompacto que chegou por último, mas se tornou um sucesso de vendas logo em seus primeiros meses de vida. Embora seja o menos potente dos três, ele entrega a melhor relação custo-benefício em todas as versões – embora a de entrada seja bem simples e tenha como diferencial os quatro airbags. A Intense foi escolhida como a mais vantajosa por só custar R$ 2 mil a mais que a Zen e trazer de série praticamente tudo que há na Outsider, exceto os adereços visuais da versão aventureira.

LEIA MAIS: Onix retoma a ponta: confira quais foram os carros mais vendidos em outubro

Papo De Jeepeiro: conheça o podcast para fãs de off-road e trilhas

O Fiat Mobi é o carro mais barato do Brasil na atualidade, mas tem uma lista de série mais enxuta em todas as configurações. Para efeito de comparação, a intermediária Like com todos os opcionais supera o preço pedido pelo Kwid Intense. Já o VW Up, o mais experiente dos três, anda meio esquecido pelo mercado e pela própria marca. Com futuro incerto no Brasil, ele é bem completo em suas duas versões e é o único que oferece uma segunda opção de motorização – a mais potente e econômica TSI. Entretanto, suas duas configurações são mais caras que as mais completas de Mobi e Kwid, além de não oferecer nem como opcional uma central multimídia equivalente a dos dois rivais. Em tempos de conectividade, este é um item que pesa bastante na hora de comprar um veículo. Por isso, mesmo sendo o mais potente dos três, o veículo da VW é o que tem o pior custo-benefício da categoria.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.