Gasolina está mais cara em 21% no país, mostra IPTL

Gasolina
O preço da gasolina ficou 21% mais alto, diz Ticket Log. Preço do etanol também subiu em todo o Brasil (Foto: Ale Sat Ulm/Unsplash.com)
publicidade

As coisas não estão fáceis para os motoristas de todo o país. Os preços da gasolina continuam crescendo em todas as regiões do Brasil. O último Índice de Preços Ticket Log (IPTL) mostrou que os valores cobrados pelo litro deste combustível aumentaram em 21% nos primeiros dias deste mês. Sem falar que os preços do etanol também registraram novos aumentos. Veja todos os dados aqui!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Gasolina
Foto: Pixabay.com
publicidade

Gasolina está mais cara em 21% no país, mostra IPTL

Este levantamento da Ticket Log foi divulgado nesta sexta-feira (19/11). Segundo a empresa, o preço médio da gasolina neste período foi de R$ 6,914. A empresa diz que esta foi a sétima vez consecutiva que os preços apresentaram altas. Isso comparado ao mês de abril, que foi o último período de baixa. Nesta época, o combustível derivado do Petróleo estava custando R$ 5,699.

Gasolina
Foto: Pixabay.com

Mas não é só a gasolina está custando a mais. Os preços do etanol também apresentaram aumentos consideráveis. O valor médio do litro deste combustível é de R$ 5,795. Ou seja, um crescimento de 27%. Os valores deste combustível vegetal também sofreu sua sétima alta seguida. Vale lembrar que para ser produzido o IPTL, a Ticket Log usa como base os abastecimentos realizados em 21 mil postos credenciados.

A empresa realizou também um comparativo com os preços em todas as regiões. E o maior preço médio foi registrado no Centro-Oeste. O preço médio do litro da gasolina nesta região foi de R$ 7,054. Um valor acima da média nacional e 7% maior que o registrado no fechamento de outubro. Já o Sul registrou ao mesmo tempo o menor valor médio (R$ 6,767)  e o maior aumento (8%).

publicidade

Aproveite e veja também: Renault Sandero 2022 tem preços acessíveis com visual modernizado

Foto: Sergio Souza/Pexels.com
publicidade

No entanto, a situação muda um pouco quando falamos dos preços do etanol. A maior média foi registrada na Região Sul (R$ 6,209). Já os postos do Centro-Oeste trouxeram o melhor desempenho, quando falamos dos menores preços médios (R$ 5,656). O interessante é que esta região apresentou um aumento de 10% nos preços deste combustível.

Números por estado

Gasolina
Foto: Erik Mclean/Pexels.com

Como de costume, o levantamento também trouxe os preços médios da gasolina e do etanol por estado. E foi constatado que nenhum estado registrou redução no preço do derivado do Petróleo. Sendo que o maior preço médio foi registrado foi no Rio de Janeiro. Ele foi de R$ 7,322. Ou seja, um crescimento de 6,81%. Enquanto isso, o estado segue na mão contrária e registrou o preço médio mais baixo (R$ 6,430).

publicidade

Já o estado que teve o maior aumento foi Roraima. Por lá, os preços soltaram 9,25%. Ele estava custando R$ 6,230 e passou para R$ 6,806. Se na gasolina não foram constatadas quedas, dois estados tiveram redução nos preços do etanol. Estamos falando da Paraíba e do Sergipe. As reduções foram de 0,04% e 0,02%, respectivamente.

No caso da Paraíba, os postos registram um preço médio de R$ 5,138. O menor preço do País. Já o estado do Rio Grande do Sul registrou o preço médio do etanol mais alto (R$ 6,886). Apesar de ter o menor valor médio, o estado de São Paulo teve o maior aumento. Este crescimento foi de 12,75%. Lembrando que na hora de reabastecer, o motorista pode saber qual combustível está valendo mais a pena. É só usar a regra do 70/30.

“Os dados da Ticket Log apontam que todos os Estados brasileiros apresentaram aumento no preço da gasolina. Quanto ao etanol, apenas a Paraíba teve redução. Considerando a metodologia 70/30, em todos os Estados da região Nordeste, Sul e Sudeste, a gasolina é o combustível mais vantajoso para os motoristas”, explica Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, em comunicado.

publicidade

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar