Frentes frias: dicas para cuidar do carro no Inverno

frentes frias
Pexels: Frentes frias exigem cuidados com o carro

O inverno chegou com tudo por aqui. As frentes frias derrubaram as temperaturas de diversas cidades do País. Em algumas cidades específicas, elas ficaram abaixo de zero. E nessas condições, o cuidado com a saúde do nosso carro pode ser prejudicada.

Ou seja, os cuidados precisam ser redobrados. Penando nisso, o Garagem360 e o Senai separaram algumas dicas para cuidar do carro no inverno.

Dicas para cuidar do carro nas baixas temperaturas. Foto: Pexels

Frentes frias? Veja as dicas para cuidar do carro!

Bateria

Frentes frias
Baterias (Foto: Pixabay.com)

A bateria é um dos componentes mais vitais em veículo. Sem ele, vários sistemas (como o motor, o ar-condicionado e o rádio) não funcionariam. E no inverno, o cuidado deve ser redobrado. Isso porque ela é mais exigida durante as frentes frias.

Mas você pode mudar alguns hábitos para aumentar o tempo de sua vida útil. Na hora de sair de casa, por exemplo, evite deixar os acessórios ligados. O cuidado deve ser o mesmo com o veículo desligado. 

Caso você comece a sentir algum problema, procure um especialista. Vale lembrar que a vida útil dela é de dois anos (em média).

Veículo Flex

Veículo Flex (Foto: Pixabay.com)

Os carros que aceitam tanto gasolina quanto etanol começaram a chegar ao País no começo deste século. E sua principal virtude é justamente o fato de poder escolher entre os dois. Porém, você deve tomar cuidados na hora de reabastecer. Principalmente na estação mais fria do ano.

Muitas as vezes, temos que reabastecer com o tipo de combustível diferente do que foi colocado da última vez. Porém, o sistema precisa de um tempo para reconhecer a troca e assim, ajuste os parâmetros de funcionamento. Isso pode causar falhas no motor. O recomendado é circular por 5 km após a troca.

As baixas temperaturas podem causar a alteração das propriedades do combustível.

Sistema auxiliar de partida a frio

Muitos carros Flex possuem um sistema que ajuda na queima do etanol durante frente frias. Seu nome correto é sistema auxiliar de partida a frio, mas pode ser chamado de tanquinho. Para cumprir o objetivo, ele precisa ser abastecido com gasolina.

Leia mais: Dicas para conseguir financiar seu carro ou moto sem se endividar

Para não ter problemas com o funcionamento, algumas recomendações são dadas por especialistas. Não deixar esvaziar é uma delas. A limpeza e a troca a cada 90 dias também é necessária. Na hora de adicionar o aditivo, prefira o uso da gasolina aditivada.

Pintura

Frentes frias
Pintura (Foto: Pixabay.com)

Por fim, o proprietário do veículo também deve tomar cuidado com a pintura. Afinal, ninguém que ver o carro com uma aparência ruim. O acúmulo de resíduos na carroceria no lado externo é um dos problemas que podem aparecer.

Do mesmo modo, o sereno (orvalho) também pode causar desgastes na carroceria. As geadas também podem ser prejudiciais.

Caso você não vá sair de casa durante a noite, você pode usar uma capa protetora. Mas tenha cuidado: verifique se ela não ficará de uma forma que não deixe entrar mais sujeiras.

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde abril de 2021. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar