Territory é a cartada da Ford contra o Compass: Versões, preços, equipamentos, motorização e consumo

Novo Ford Territory vai brigar com atual líder de mercado da Jeep
publicidade

Demorou, mas a Ford entrou de cabeça no segmento dos SUVs médios com o Territory. Produzido na fábrica de Xiaolan, na China, em parceria com a JMC, o modelo chegou ao Brasil em agosto, em duas versões e variantes de preços: SEL R$ 179.900 e Titanium R$ 197.900.

Conjunto de iluminação dianteiro é Full-LED, com exceção dos faróis de neblina do Ford Territory (Imagem: Reprodução Ford)
publicidade

Ambas saem das concessionárias da marca equipadas com o motor 1.5 Turbo Ecoboost de 150 cavalos, transmissão automática do tipo CVT e uma lista recheada de tecnologias. Segundo a Ford, o modelo se destaca pelo conforto, conectividade e segurança.

O Territory 2021 tem 2,71 m de entre-eixos (área que contempla o interior da cabine), 4,58 m de comprimento e 1,936 m de largura (sem espelhos).

A capacidade do porta-malas é de 348 litros até a altura da janela, mas o compartimento pode ser ampliado para 420 litros com a retirada de um porta-pacotes.

Segundo a marca, o modelo 2021 vence seus concorrentes no espaço interno para quem vai no banco dianteiro. Há 1 metro para as pernas e 5,6 cm para a cabeça. A segunda fileira de bancos também traz 1 metro para pernas.

publicidade
Novo Ford Territory vai brigar com atual líder de mercado da Jeep (Imagem: Reprodução Ford)

Ford Territory 2021 Titanium é recheado

Bem equipado, o modelo traz na versão mais completa Titanium painel digital de 10 polegadas, bancos de couro bege com ajuste elétrico para o motorista, câmera 360°que simula a visão aérea sobre o caro e sensores de estacionamento atrás e na frente.

publicidade
Interior da versão Titanium tem revestimento em couro bege (Imagem: Reprodução Ford)

As rodas têm 18 polegadas, maçanetas cromadas, retrovisores com luzes de aproximação e rebatimento também fazem parte da lista. Nada de calor. Motorista e carona tem bancos com refrigeração ou aquecimento.

Ainda falando sobre comodidade, o Ford Territory mais caro é o único da categoria que traz carregamento sem fio. A experiência a bordo agrega ainda sistema de som com oito alto-falantes e iluminação ambiente em LED, que pode ser ajustado em oito tons.

publicidade
Modelo tem entre-eixos de 2,71 m (Imagem: Reprodução Ford)

Já no quesito segurança, o modelo chama atenção ao entregar piloto automático adaptativo com ‘Stop and Go’ (ACC) — ausente na maioria dos competidores diretos—, sistema de alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência, além de sistema de monitoramento de ponto cego e de aviso de mudança de faixa.

Versão de entrada do Ford Territory 2021 também não deixam a desejar

Os itens de série na versão de entrada SEL agregam valor a essa lista. De série, o SUV médio importado da China chega com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controles de tração, estabilidade e assistente de partida em rampas, conjunto de iluminação em LED (faróis, luz diurna e lanternas), faróis de neblina com lâmpadas halógenas, teto solar elétrico panorâmico e rodas de 17 polegadas.

publicidade
Banco traseiro tem saída de ar-condicionado e portas USB para o carregamento de smartphones (Imagem: Reprodução Ford)

O modelo “básico” ainda conta com sensor de monitoramento de pressão dos pneus, freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD, aviso de uso do cinto de segurança para o motorista e o passageiro, ganchos Isofix para cadeiras infantis e espelho retrovisor interno eletrocrômico.

Motorização do Territory

Para empurrar o Territory 2021, a Ford resolveu trazer uma nova variante do motor 1.5 Turbo Ecoboost GTDI a gasolina. O propulsor tem nome parecido com os 1.5 usados atualmente pela marca no EcoSport e linha Ka, mas não se confunda.

publicidade

Esse propulsor chinês entrega 150 cv a 5.300 rpm e tem torque máximo de 22,9 kgfm de força já disponível entre 1.500 e 4.400 rpm. O propulsor é acoplado a uma caixa automática do tipo CVT, que simula oito marchas. Apesar do seu peso, o modelo alcança os 100 km/h em 11,8s. A direção é elétrica.

Motor 1.5 Turbo Ecoboost GTDI (Imagem: Reprodução Ford)

No quesito consumo, o grandalhão da Ford consegue fazer 9,2 km/l na cidade e 10km/l na estrada. Os dados são da própria montadora.

publicidade

Para atender ao consumidor brasileiro, a Ford conta que realizou mais de  2.200 horas de testes de validação e durabilidade, além de 300 horas de desmontagem e análise.

O conjunto de suspensão foi outro ponto acertado para atender a demanda do motorista brasileiro, que sofre bem mais com asfaltamento de baixa qualidade.

O processo, chamado de tropicalização, contou com a troca das buchas de suspensão e amortecedores, além da escolha de pneus mais silenciosos, adequados às condições das nossas ruas.

publicidade

A Ford aposta em conectividade para o Territory 2021

A Ford oferece um serviço exclusivo para os proprietários do Territory chamado de Ford Pass, que transforma o celular em uma chave ou até rastreador do carro.

A tecnologia funciona com o auxílio de um modem embarcado que permite o acesso remoto. O serviço será disponibilizado gratuitamente durante o primeiro ano de uso.

Territory
No início de agosto, a Ford confirmou a vinda do SUV Territory para o Brasil (Imagem: Reprodução Ford)
publicidade

Segundo a própria Ford, os principais concorrentes do Territory são Jeep Compass e Volkswagen Tiguan.

Ambos têm versões mais baratas que o modelo importado da China, mas perdem em nível de equipamentos por pouco. Um dos exemplos é a câmera 360°, item exclusivo do SUV médio da Ford.

Ficha técnica do novo Ford Territory 2021

  • Preço: A partir de R$ 179.900 (SEL) e R$ 197.900 (Titanium)
  • Motor: 1.5 Turbo EcoBoost GTDi, gasolina, 4 cilindros em linha
  • Potência (cv): 150 cv a 5.300 rpm
  • Torque (kgfm): 22,9 entre 1.500 rpm e 4.000 rpm
  • Transmissão: Automático, CVT, simula 8 marchas, tração dianteira
  • Suspensão:Independente (dianteira), multibraço (traseira)
  • Freios: Discos ventilados na dianteira e na traseira
  • Rodas e pneus: liga leve 17” e pneus 235/55 R17 (SEL), liga leve 18″ e pneus 235/50 R18 (Titanium)
  • Dimensões: 4,58 m (comprimento), 1,94 m (largura), 1,67 m (altura), 2,72 m (entre-eixos), 52 litros (tanque), 348 litros (porta-malas)
  • 0 a 100 km/h: 11,8 segundos
  • Vel. Max: 180 km/h
  • Consumo: 9,2 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, com gasolina

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
territory territory territory
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar