Ford Fiesta perde versões, motor turbo e carroceria sedã no Brasil

Notícias 21 de janeiro de 2019 Leo Alves 0

Já desatualizado em relação ao europeu, o Ford Fiesta perdeu mais espaço no Brasil. Neste início de ano, ele deixou de ser oferecido com o motor 1,0l EcoBoost, de 125 cv, perdeu algumas versões – restaram apenas três – e não tem mais o câmbio Powershit nem como opcional. A carroceria sedã também não consta mais no site da montadora, o que deve significar seu fim definitivo no País.

Ford Fiesta: versões

Com o fim da versão EcoBoost, o hatch só conta com uma opção de motor. As três configurações são equipadas com o propulsor de 1,6l Sigma de 128 cv. A transmissão também é a mesma para todos os modelos, sendo a manual de cinco marchas.

LEIA MAIS: Ford lança novo Interceptor Utility com motor híbrido; conheça outros carros de polícia ao redor do mundo

Recall da BMW convoca 158 veículos no Brasil

A versão mais básica (SE) tem preço sugerido de R$ 52.690. Já a SE Style, a intermediária, sai por R$ 56.590. A mais completa é a SEL, que está disponível por R$ 58.090. Não há opcionais em nenhuma delas, sendo que o único item que pode aumentar o preço é a pintura externa. A cor Branco Ártico é sólida, mas custa R$ 600 a mais. Já as metálicas e perolizadas custam R$ 1.350.

Futuro incerto

Essas mudanças mostram como é incerto o futuro do Fiesta no País. Nos últimos anos, as vendas do hatch despencaram, principalmente por conta do sucesso do Ka, que briga em um segmento abaixo. Em 2017, enquanto a Europa recebia uma nova geração, no Brasil foi aplicado um leve retoque no visual do modelo. Mesmo ganhando novos equipamentos e um reposicionamento, as vendas não decolaram.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Na galeria, confira os carros que já foram testados pelo Garagem360.