Fiat Argo 1.0 2021: os atrativos do modelo de entrada do hatch

Simplicidade e economia. A versão de entrada do Fiat Argo 1.0 Flex pode ser uma boa opção para quem busca o primeiro carro ou um veículo zero quilometro com um preço – mais ou menos – bacana. Apesar da lista de equipamentos não trazer os mimos tecnológicos de outras versões, ele possui um bom espaço interno e é bastante econômico.

Fiat Argo 1.0

No mês passado, o Argo terminou dentro do top 5 dos carros mais vendidos do país. Sua versão mais simples do hacth custa a partir de R$ 61.840. Além dela, a fabricante oferece outras duas opções de motores (1.3 e 1.8) e uma versão aventureira (Trekking).

Seu propulsor é o Firefly 1.0 8v Flex de três cilindros, que tem potência máxima de 72 cv (gasolina) a 6.000 rpm ou 77 cv (etanol) a 6.250 rpm. Seu torque é de 10,4 kgfm (gasolina) e 10,9 kgfm (etanol) a 3.500 rpm

De acordo com a montadora italiana, o carro pode atingir a velocidade máxima 157 km/h (gasolina) e 162 km/h (etanol). Além disso, pode acelerar de 0 a 100 km/h em 14,4 segundos usando gasolina (13,4 segundos usando etanol). Ele só está disponível com o câmbio manual de cinco velocidades.

Foto: Divulgação/Fiat do Brasil

O Fiat Argo é um dos mais econômicos da categoria. Segundo dados do Inmetro, ele faz 14,2 km/l (gasolina) 9,9 km/l (etanol) na cidade. Já na estrada, o veículo pode fazer 15,1 km/l (gasolina) e 10,7 km/l (etanol).

Outro ponto forte do automóvel é o espaço interno. Sua distância entre-eixos é de 2.521 mm. Já o porta-malas também pode ser útil no dia-a-dia, visto que tem capacidade para 300 litros.

Equipamentos de série

O pacote de itens de série do Fiat Argo 1.0 é bastante simples, mas vem com o essencial para uma rodagem tranquila.

Ele sai de fábrica com: aerofólio traseiro, alarma, ar-condicionado, banco traseiro rebatível, chave canivete com telecomando, computador de bordo, direção elétrica progressiva, controle eletrônico da aceleração (Drive by  Wire), sinalização de frenagem de emergência, sistema follow me home, freios ABS com EBD, rodas de aço 14″, vidros e travas elétricas; e volante com regulagem de altura.

Foto: Divulgação/Fiat do Brasil

Caso o comprador quiser adicionar desembaçador traseiro e limpador e lavador de vidro traseiro, terá que pagar R$ 1.745 a mais.