Esses são os carros flex mais econômicos do Brasil, segundo o Inmetro

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) divulgou no último dia 21 de novembro, a atualização do ranking de consumo de combustível dos veículos comercializados no Brasil em 2023. Entre os carros flex mais econômicos, estão os modelos Corolla.

Corolla Altis está no topo dos carros flex mais econômicos do Brasil - Foto: Divulgação 
Corolla Altis está no topo dos carros flex mais econômicos do Brasil – Foto: Divulgação

Veja os carros flex mais econômicos do Brasil

A lista faz parte do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) e revela o consumo médio de 975 modelos, assim como suas versões de carros de passeio.

Participam 35 montadoras que produzem ou importam para o país. 

Vale ressaltar que a iniciativa PBEV completou 15 anos em 2023 e essa nova lista inclui desde lançamentos mais recentes até veículos lançados no ano passado, que não sofreram alterações desde então.

Veja a lista:

 

Modelo

Consumo cidade (etanol)

Consumo estrada (etanol)

Consumo cidade (gasolina)

Consumo estrada (gasolina)

Toyota Corolla 1.8 híbrido flex CVT

12,8 km/l

11,1 km/l

18,5 km/l

15,7 km/l

Toyota Corolla Cross híbrido flex CVT

11,8 km/l

9,7 km/l

17,8 km/l

14,7 km/l

Renault Kwid 1.0 flex manual

10,8 km/l

11 km/l

15,3 km/l

15,7 km/l

Peugeot 208 1.0 flex manual

10,4 km/l

11,3 km/l

14,7 km/l

16,3 km/l

Chevrolet Onix Plus 1.0 flex manual

9,3 km/l

12 km/l

13,5 km/l

17,4 km/l

Fiat Cronos 1.0 flex manual

9,9 km/l

11,4 km/l

14 km/l

16,1 km/l

Fiat Mobi 1.0 flex manual

9,8 km/l

11 km/l

14,2 km/l

15,5 km/l

Volkswagen Polo 1.0 turbo flex manual

9,5 km/l

11,3 km/l

13,7 km/l

16,1 km/l

Chevrolet Onix 1.0 flex manual

9,3 km/l

11,4 km/l

13,3 km/l

16,5 km/l

Hyundai HB20 1.0 flex manual

9,6 km/l

10,4 km/l

13,3 km/l

14,6 km/l

Toyota comemora liderança

Roberto Braun, Diretor de Comunicação e Presidente da Fundação Toyota disse em comunicado que a empresa está muito orgulhosa com a liderança no ranking do Inmetro.

“O resultado é consequência direta do uso da propulsão híbrida flex, que utiliza o auxílio do motor elétrico, poupando combustível e evitando emissões de poluentes, refletindo nosso compromisso contínuo com a inovação e a sustentabilidade”. 

“Esta conquista é um testemunho do nosso esforço em promover a descarbonização e oferecer aos nossos clientes veículos eletrificados mais acessíveis, que ofereçam eficiência e praticidade, já que não precisam ser carregados em tomada”.

Corolla Cross Hybrid - Foto: Divulgação 
Corolla Cross Hybrid – Foto: Divulgação

A medição leva em consideração o consumo energético em MJ/km (megajoules por quilômetro) e em km/l. Em outras palavras, quanto menor for o consumo energético a cada km rodado, mais eficiente o automóvel.

Os carros são classificados de “A” (mais eficientes) a “E” (menos eficientes).

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar