De pneus a fluidos: checklist para quem vai pegar a estrada nas férias

Notícias 12 de dezembro de 2018 Da Redação 0

Muita gente aproveita as férias de fim de ano para viajar de carro pelas estradas do Brasil. Quem pretende fazer isso deve fazer uma revisão do veículo a fim de evitar transtornos, multas ou até mesmo acidentes, que podem estragar seu tão merecido passeio.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Alexandre Tavares Soares, docente do curso de Engenharia Mecânica da Anhembi Morumbi, preparou algumas dicas e recomendações para quem pretende pagar a estrada nos próximos dias.

Checklist para quem vai pegar a estrada nas férias

A primeira recomendação é sempre levar o seu veículo para uma revisão em uma boa oficina. Se o veículo ainda estiver na garantia, leve-o em locais autorizados da marca – dessa forma, você não corre o risco de violar os termos de garantia e perder os benefícios.

Verifique se os itens obrigatórios estão em condições de uso (macaco, triângulo, chave de roda, extintor e outros) e se as luzes (faróis e lanternas) estão em perfeito funcionamento. Lembre-se de que é obrigatório o uso de luz baixa em rodovias federais, mesmo durante o dia.

Também vale a pena analisar a condição dos pneus. Eles devem estar com seus sulcos em boas condições (não “liso”). Esses sulcos é que minimizam o efeito de aquaplanagem, fenômeno comum durante a rodagem em pista com lâmina d’água. A aquaplanagem é responsável por vários acidentes fatais em dias de chuva.

LEIA MAIS: Retrospectiva 2018: relembre os melhores carros testados pelo Garagem360 neste ano
Vai viajar nas férias? Veja dicas de revisão para o sistema de freios

Aproveite a revisão para checar o balanceamento e o alinhamento das rodas, especialmente as dianteiras. As vibrações decorrentes do mau alinhamento e do desbalanceamento das rodas pode provocar efeitos mecânicos danosos em todo o veículo.

Por fim, verifique e substitua, se necessário, os fluidos do veículo (óleo lubrificante, fluido de arrefecimento, óleo de transmissão). Fluidos vencidos ou contaminados podem acelerar o desgaste mecânico dos componentes, bem como superaquecer os sistemas motores.

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *