Componentes elétricos sujos causam falhas no motor; saiba como prevenir

(Foto: Divulgação/Henkel)
publicidade

Os componentes elétricos são essenciais para alimentar a energia do carro, afinal, praticamente todas as peças do veículo dependem de um acionamento elétrico para ligar. Algumas vezes, as falhas no motor e o seu funcionamento irregular (como ruídos) durante a partida e a parada tem uma causa inesperada: a sujeita do sistema elétrico. 

A alta performance das fiações do veículo está diretamente ligada à limpeza dos seus componentes, pois uma superfície livre de impurezas permite maior fluidez na condução da energia.

publicidade

Se as superfícies de contato estiverem contaminadas com oxidação ou corrosão, a resistência ao toque dos contatos aumentará. Isso provoca uma queda da voltagem, que pode causar falhas nos componentes eletrônicos ou no sistema elétrico do veículo.

VEJA TAMBÉM

Manter o sistema elétrico do carro limpo previne falhas no motor

Limpeza dos componentes elétricos faz parte da manutenção preventiva (Foto: Reprodução)

Diferentemente da sujeira encontrada na superfície do carro, que pode ser removida com certa facilidade, os componentes elétricos precisam de um cuidado mais detalhado na sua limpeza. A higienização do sistema elétrico acontece durante a manutenção preventiva do veículo, quando ocorrem os processos de montagem e desmontagem dos condutores.

publicidade

“Todas as peças do veículo estão sujeitas à poeira, à sujeira do ambiente e até à oleosidade. A limpeza das peças elétricas é feita na manutenção para melhorar o desempenho do veículo e manter os condutores longe de resíduos”, explica Célio Ruiz, gerente de Assistência Técnica para Adesivos e Selantes da Henkel para América Latina.

“A limpeza de contatos elétricos e eletrônicos do carro deve ser feita com agentes desengordurantes à base de solvente – como a tecnologia Loctite SF 7647, que atua na limpeza dos terminais dos chicotes, caixa de fusíveis, conectores elétricos, quadro de disjuntores, parte interna de alternador, sensores, unidades de comando eletrônicos e sistemas de injeção eletrônica”, afirma.

publicidade

Esses condutores elétricos, em geral, estão sujeitos aos mais variados tipos de resíduos, como graxa, óleo, poeira e outros contaminantes de superfície. Os carros que circulam em locais de terras e áreas litorâneas estão mais expostos a acumular sujeira nos componentes.

Nesses casos, o cuidado na manutenção devem ser redobrados. O proprietário do veículo deve levar periodicamente o carro à oficina de sua confiança para fazer a limpeza do sistema elétrico.

“Isso ajuda não apenas a manter os dispositivos elétricos em pleno funcionamento como aumenta a vida útil do veículo”, afirma Ruiz.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Limpeza de componentes elétricos demanda produtos específicos (Foto: Divulgação/Henkel)

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Silveira
Paulo SilveiraJornalista com 20 anos de experiência profissional como repórter nas principais redações de jornais do Brasil, como Gazeta Mercantil, Folha SP, Estadão e Jornal do Brasil e em cargos de coordenação, edição e direção. Formado em Jornalismo pela Caśper Líbero.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar