Compacto zerou e SUV obteve classificação máxima nas avaliações do Latin NCAP

Hoje, dia 15 de junho, o Programa de Avaliação de Veículos Novos para América Latina e o Caribe (Latin NCAP) divulgou os resultados de suas últimas medições. De acordo com o estudo, o Chery IQ, produzido na China, ganhou nota zero no quesito segurança dos ocupantes em caso de colisão. Já o Jeep Renegade obteve cinco estrelas (nota máxima). O Fiat Palio foi outro modelo testado. E mais relatórios serão divulgados pela entidade nos meses de setembro, novembro e dezembro.

Foto: Divulgação
855a54e4b3741f_2
Chery IQ não conseguiu nenhuma estrela nas avaliações

A versão básica do IQ é oferecida de fábrica sem airbag. Por conta disso, o veículo não recebeu nenhuma estrela em relação à proteção de ocupantes adultos. Para piorar, a fabricante não recomenda a utilização de cadeirinhas para crianças que estejam no banco traseiro, o que também não lhe garantiu pontuação quanto à segurança dos pequenos.

Produzido no Brasil, o Jeep Renegade  conta com dois airbags, cintos de segurança (com lembretes de sua utilização) que protegem corretamente os ocupantes de impactos frontais e laterais, e freios ABS. A quantidade de itens voltados para a segurança dos passageiros rendeu nota máxima ao carro nas duas categorias, infantil e adulto. Foi a primeira vez que um modelo fabricado no país conquistou tais resultados.

Foto: Divulgação
Novo Palio conquistou quatro estrelas no quesito de segurança para adultos e três para crianças | Foto: Divulgação
Novo Palio conquistou quatro estrelas no quesito segurança para adultos e três para crianças

Por fim, e com notas médias, o novo Fiat Palio conquistou quatro estrelas na proteção para adultos e três para crianças. Entre os itens de segurança, o hatch conta com sistema de lembrete de uso do cinto (SBR) em todas as versões. Além disso, há pouco tempo a marca italiana realizou melhorias no manual de instruções para a instalação de sistemas de retenção infantil, e isso foi levado em conta no estudo.

De acordo com María Fernanda Rodríguez, do Latin NCAP e da Fundação Gonzalo Rodríguez, a organização está feliz com os resultados obtidos e pelo esforço que algumas empresas estão fazendo para melhorar as classificações de seus veículos no ranking. “Estamos muito satisfeitos ao ver como alguns fabricantes levam a sério a segurança infantil. Está na hora de todas considerarem este assunto da mesma forma”, diz.